Mostra fotográfica ‘Mães do Juvino’ é lançada na Assembleia Legislativa
Natal, RN 20 de jun 2024

Mostra fotográfica ‘Mães do Juvino’ é lançada na Assembleia Legislativa

9 de junho de 2023
Mostra fotográfica ‘Mães do Juvino’ é lançada na Assembleia Legislativa

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Assim como tem feito ao longo dos últimos anos, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte volta a abrir as portas para a mostra fotográfica ‘Mães do Juvino’. Chegando agora a sua 8ª edição, a exposição beneficente foi oficialmente lançada na manhã desta terça-feira (6), no Salão Nobre da Casa, onde permanece aberta à visitação pública até o dia 16 de junho.

“A novidade para essa edição é a inclusão das mães com deficiência visual e auditiva, que fazem parte do dia a dia da instituição. Destaque também para as fotos com a presença da Marinha do Brasil, que pelo segundo ano realizou ação cívico-social para ajudar o abrigo. A iniciativa é uma corrente do bem que tem objetivo de atrair a atenção ao idoso e sensibilizar a população quanto à necessidade permanente de apoio”, explica o jornalista e repórter fotográfico Elias Medeiros, que assina a exposição.

A mostra fotográfica é composta por 30 quadros que retratam o dia a dia das mães do Instituto Juvino Barreto, integrando a programação dos 81 anos do abrigo de idosos. As visitas são abertas ao público, das 8h às 15h, durante o horário de funcionamento da Casa Legislativa, oportunidade em que doações podem ser feitas ao instituto ou ainda pelo pix [email protected].

Durante quatro meses, a mostra vai percorrer diferentes lugares. Além do Parlamento potiguar, será exibida ainda no Partage Norte Shopping, Praia Shopping e Centro Cultural da Justiça Federal. Em todos estes espaços, haverá uma campanha para arrecadar fraldas geriátricas para o abrigo.

Juvino Barreto

O Instituto Juvino Barreto foi fundado em 19 de abril de 1942 para suprir a necessidade de amparar flagelados da seca e idosos em situação de rua. De lá para cá, viabiliza-se exclusivamente por meio de doações, trabalho voluntário e apoio da sociedade, oferecendo acolhimento aos vulneráveis e serviços assistenciais como enfermagem, fisioterapia, nutrição, terapia ocupacional, fonoaudiologia, psicologia e geriatria.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.