Fafá de Belém é a cereja do bolo dos 41 anos das Kenga’s neste domingo
Natal, RN 28 de fev 2024

Fafá de Belém é a cereja do bolo dos 41 anos das Kenga's neste domingo

11 de fevereiro de 2024
5min
Fafá de Belém é a cereja do bolo dos 41 anos das Kenga's neste domingo
Desfile das Kengas de 2021 I Foto: cedida

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Em 2024, o Bloco das Kengas completa 41 anos de irreverência no carnaval de Natal. Tudo começou em 1983, quando um grupo de amigos, vestidos de forma extravagante e acompanhados por uma banda, se reuniu em frente à Broadway, uma boate gay pioneira na cidade, localizada na Rua Felipe Camarão, no bairro da Cidade Alta, saiu pela rua Vigário Bartolomeu, atraindo uma multidão.

A novidade virou manchete dos jornais da cidade e tradição no carnaval de Natal. Hoje, 41 anos depois, o bloco continua fazendo história, sendo espaço de expressões artísticas e acolhimento para todas as tribos. Mas, o que seria uma kenga?

O nome Kenga a gente usou pelo duplo sentido da palavra, né. Porque tem a kenga, que é a mulher da vida, e a kenga na questão da quenga do coco. Tanto que tem uma frase que a gente adota há um tempo que é ‘todo coco vira quenga’”, explica Lula Belmont, carnavalesco e um dos criadores do bloco.

Foto: cedida
Kengas são marca da irreverência do carnaval em Natal I Foto: cedida

A proposta era resgatar, com muita irreverência, o carnaval de Natal, que já havia estado entre os melhores do país.

O carnaval de Natal já chegou a ser o terceiro melhor do Brasil. Então, após o surgimento da Bandagália, houve o surgimento de várias bandas e as kengas surgem, também, em 1983, fazendo uma diferença em termos do que eram as outras bandas porque nós criávamos a questão da fantasia e da irreverência do bloco, onde o homem se vestia de mulher. No primeiro ano, a gente saiu com uma média de 300 pessoas, hoje a gente coloca uma média de 25 mil pessoas na rua e isso se torna um grande espetáculo, um teatro de rua, onde a coisa lúdica da fantasia se incorpora dentro do bloco”, comemora Belmont.

As madrinhas

Para reforçar a proteção, ao longo do tempo, o bloco foi sendo amadrinhado por nomes de peso.

As madrinhas são as pessoas que estão nos protegendo. Não tem aquela coisa de que quando a família falece, o pai e a mãe, tem sempre uma madrinha que vai nos agregar? As madrinhas são todas pessoas ligadas à arte e à cultura no geral. Já tivemos Cissa Guimarães, Elke Maravilha, Zezé Mota, Glória Groove, mais recentemente, Monique Evans, Preta Gil, Sandra de Sá, Baby Consuelo, Alcione, Martinho da Vila, Sidney Magal, Mart’nália, Patrícia Travassos e Maria Alcina”, lembra Belmont.

2024 é o ano da Fafá de Belém

Este ano, o tradicional desfile das kengas será realizado no domingo (11) e vai contar com show de ninguém menos do que Fafá de Belém. A concentração começa a partir das 15h, no Bardallo's Comida & Arte (Rua Gonçalves Lêdo, nº 678, perto da Igreja do Galo), com muito frevo que vai estar garantido pela  Orquestra do Papão.

"O domingo das Kengas é uma emoção por si só. Há mais de 40 anos transmitimos nossa mensagem de alegria, purpurina e respeito pelas ruas, e convidamos a todos para celebrar essa história. Estamos chegando com o bloco e arrasando mais um ano, desta vez, com o tema 'Kengas Queen'. Vamos nos fantasiar e mostrar nossa rainha ", comemora Belmont.

Do Bardallo’s, os foliões vão sair pelas ruas da Cidade Alta até o palco do Centro Histórico , onde ocorrerão as apresentações, que começam às 16h30 com a cantora e compositora potiguar Valéria Oliveira. Na sequência, às 18h, acontece o Desfile das Kengas e o show de Juliana Linhares. Fafá de Belém, que vai receber o título de Madrinha das Kengas, se apresenta na sequência. Ao final, a Orquestra Frevo no Chão encerra a noite.

O Bloco das Kengas conta com apoio da Prefeitura do Natal, Carnaval em Natal, La Vedette Deluxe, Bardallo's Comida & Arte, Devassa Puro Malte, SINSP/RN, Pitú e Calígula - Pizzaria e Restaurante.

Foto: cedida
Foto: cedida
Brincadeira que começou entre amigos atrai milhares de pessoas no carnaval de Natal I Foto: cedida

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.