RN tem alerta e previsão de chuva acima do normal para fevereiro
Natal, RN 20 de abr 2024

RN tem alerta e previsão de chuva acima do normal para fevereiro

15 de fevereiro de 2024
7min
RN tem alerta e previsão de chuva acima do normal para fevereiro
Chuva em Natal nesta quinta (15) I Foto: Sandro Menezes

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Algumas cidades do Rio Grande do Norte deverão ter um volume de chuvas acima do normal ao longo deste mês, segundo a previsão da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn). Nesta quinta (15), houve registro de chuva em 84 estações de monitoramento do Estado. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também emitiu um alerta para 164 municípios, com previsão de chuvas intensas de até 60 milímetros e ventos fortes, que podem chegar a até 100 km/h, até as 10h desta sexta-feira (16).

As chuvas mais intensas que já caíram ocorreram em Campo Redondo, na microrregião da Borborema Potiguar, com 78,6 milímetros, e em Currais Novos, no Seridó Oriental, onde a chuva de 72 milímetros alagou ruas e encheu pequenos açudes na área rural do município. O monitoramento da Emparn foi realizado num período de 24 horas e começou às 7h da quarta-feira (14).

Na tarde de hoje, também foi observada a ocorrência de chuva leve em Natal e mais intensa em Mossoró. Segundo Gilmar Bristot, meteorologista da Emparn, as precipitações são resultado de um conjunto de fatores favoráveis, como a umidade vinda da Amazônia e a atuação da Zonas de Convergência sobre a região de Mossoró.

Associado a isso nós estamos com uma oscilação, também favorável, causando baixa pressão aqui sobre o Nordeste e organizando as instabilidades, as condições estão todas elas favoráveis para continuar as chuvas até, pelo menos, amanhã, na sexta-feira. No final de semana deverá diminuir e as chuvas a partir de terça... quarta-feira deverão voltar a acontecer no interior do estado. São chuvas boas, por exemplo, em Currais Novos tivemos chuvas acima de 50 milímetros”, revela Bristot.

Na manhã desta quinta-feira, o açude Úrsula Medeiros, na comunidade Cruz, em Currais Novos, transbordou. Com um consumo médio mensal de 100 mil metros cúbicos de água tratada, o município está na lista de cidades em risco de colapso no abastecimento.

“Todos os dias a gente se pegava pensando nessa questão hídrica. Nos últimos meses, essa foi a nossa pauta mais importante e de dedicação a esse tema, principalmente porque no início do nosso mandato, em 2017, enfrentamos quase dois anos de seca. Ver hoje essas imagens, do Açude Dourado tomando água, do Açude do Distrito da Cruz, que está sangrando; do Povoado São Sebastião e da Comunidade Malhada Limpa descendo para os Apertados e para o Gargalheiras nos enche esperança e de alegria", comemorou o prefeito de Currais Novos, Odon Júnior, em suas redes sociais.

Barragem Pataxó I Foto: Felipe Alecrim

Antes da chuva desta quarta, o Açude Dourado, que é usado pela Caern para captação de água para abastecimento dos 41 mil habitantes de Currais Novos, estava praticamente seco, com apenas 1,36% da capacidade, o equivalente a 170 mil metros cúbicos. Já na manhã desta quinta, a leitura feita por técnicos do Igarn (Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte), apontou que o reservatório tinha recebido um reforço de mais 100 mil metros cúbicos de água, que continuava entrando no leito do açude.

Alerta

Para o final de semana, a previsão é de uma redução no volume de chuvas, que deve voltar a crescer a partir da próxima semana.

Entre segunda e terça-feira tem alerta de algumas chuvas mais fortes na região do Médio Oeste e alguns municípios aqui do litoral, mas os modelos fazem uma previsão com uma escala grande e essas chuvas podem acontecer em outros municípios fora daquela região para a qual foi emitido o alerta”, esclarece Bristot.

Imagem: reprodução Inmet

O Inmet divulgou um alerta para 164 municípios por causa da intensidade das chuvas até as 10h desta sexta (16). A previsão é de chuvas de até 60mm por hora, além de ventos fortes, que podem chegar a até 100 KM/h. O aviso de perigo é válido para: Acari; Açu; Afonso Bezerra; Água Nova; Alexandria; Almino Afonso; Alto do Rodrigues; Angicos; Antônio Martins; Apodi; Areia Branca; Arês; Augusto Severo; Baía Formosa; Baraúna; Barcelona; Bento Fernandes; Bodó; Bom Jesus; Brejinho; Caiçara do Norte; Caiçara do Rio do Vento; Caicó; Campo Redondo; Canguaretama; Caraúbas; Carnaúba dos Dantas; Carnaubais; Ceará-Mirim; Cerro Corá; Coronel Ezequiel; Coronel João Pessoa; Cruzeta; Currais Novos; Doutor Severiano; Encanto; Espírito Santo; Extremoz; Felipe Guerra; Fernando Pedroza; Florânia; Francisco Dantas; Frutuoso Gomes; Galinhos; Goianinha; Governador Dix-Sept Rosado; Grossos; Guamaré; Ielmo Marinho; Ipanguaçu; Ipueira; Itajá; Itaú; Jaçanã; Jandaíra; Janduís; Januário Cicco; Japi; Jardim de Angicos; Jardim de Piranhas; Jardim do Seridó; João Câmara; João Dias; José da Penha; Jucurutu; Jundiá; Lagoa d'Anta; Lagoa de Pedras; Lagoa de Velhos; Lagoa Nova; Lagoa Salgada; Lajes; Lajes Pintadas; Lucrécia; Luís Gomes; Macaíba; Macau; Major Sales; Marcelino Vieira; Martins; Maxaranguape; Messias Targino; Montanhas; Monte Alegre; Monte das Gameleiras; Mossoró; Natal; Nísia Floresta; Nova Cruz; Olho d'Água do Borges; Ouro Branco; Paraná; Paraú; Parazinho; Parnamirim; Passa e Fica; Passagem; Patu; Pau dos Ferros; Pedra Grande; Pedra Preta; Pedro Avelino; Pedro Velho; Pendências; Pilões; Poço Branco; Portalegre; Porto do Mangue; Pureza; Rafael Fernandes; Rafael Godeiro; Riacho da Cruz; Riacho de Santana; Riachuelo; Rio do Fogo; Rodolfo Fernandes; Ruy Barbosa; Santa Cruz; Santa Maria; Santana do Matos; Santo Antônio; São Bento do Norte; São Bento do Trairí; São Fernando; São Francisco do Oeste; São Gonçalo do Amarante; São João do Sabugi; São José de Mipibu; São José do Campestre; São José do Seridó; São Miguel; São Miguel do Gostoso; São Paulo do Potengi; São Pedro; São Rafael; São Tomé; São Vicente; Senador Elói de Souza; Senador Georgino Avelino; Serra Caiada; Serra de São Bento; Serra do Mel; Serra Negra do Norte; Serrinha; Serrinha dos Pintos; Severiano Melo; Sítio Novo; Taboleiro Grande; Taipu; Tangará; Tenente Ananias; Tenente Laurentino Cruz; Tibau; Tibau do Sul; Timbaúba dos Batistas; Touros; Triunfo Potiguar; Umarizal; Upanema; Várzea; Venha-Ver; Vera Cruz; Viçosa e Vila Flor.

O que nós divulgamos está se confirmando, com chuvas acima do normal em fevereiro. Para março e abril ainda nós estamos dependendo do comportamento do Oceano Pacífico que está com o El Niño, que pode prejudicar a formação de chuvas, e março é o mês que mais chove em Mossoró. Então, estamos monitorando o Pacífico para ver o que vai acontecer. Tudo indica que abril e maio serão melhores em termos de chuva do que março, por conta do enfraquecimento do El Niño e da melhora nas condições do Oceano Atlântico”, conclui Bristot, da Emparn.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.