Natal terá ponto de apoio para motoristas por app
Natal, RN 24 de mai 2024

Natal terá ponto de apoio para motoristas por app

15 de abril de 2024
3min
Natal terá ponto de apoio para motoristas por app
Imagem: Reprodução/Rovena Rosa/Agência Brasil.

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A deputada federal e pré-candidata à prefeitura de Natal, Natália Bonavides (PT), anunciou nesta última semana a destinação de recursos para a reforma de um local que vai funcionar como ponto de apoio para motoristas por aplicativo na capital potiguar.

A cessão de um prédio destinado ao ponto de apoio da categoria foi intermediada entre Bonavides e o governo do estado há algumas semanas. Agora, o mandato anunciou que o local será reformado. “A ideia é que esses trabalhadores e trabalhadoras tenham um lugar para se abrigar, ir ao banheiro, carregar os celulares e realizar outras atividades do dia a dia”, afirmou a deputada nas redes.

O Sindicato dos Trabalhadores em Aplicativos de Transportes do Estado do RN (SINTAT/RN) será o responsável pela gestão e funcionamento do ponto. A Agência Saiba Mais confirmou com o sindicato que o ponto de apoio vai beneficiar os motoristas por aplicativo de qualquer transporte, incluindo moto, carro e bike.

O espaço fica na Praça das Mães Zilda Arns, no bairro de Lagoa Nova, em Natal. Anteriormente, funcionava no local uma base da polícia, que foi cedida pelo governo do estado e agora passará por reformas para ser o ponto de apoio dos motoristas por aplicativo.

As dificuldades de não ter um ponto de apoio para os motoristas de app

Não conseguir descansar e nem se alimentar adequadamente no dia a dia. Esses são alguns dos pontos que dificultam a rotina dos motoristas por aplicativo de qualquer transporte de acordo com Alexandre Silva, presidente da Associação de Trabalhadores de Aplicativos por Moto e Bike (ATAMB), que atua em Natal e região metropolitana.

“Os benefícios que um ponto de apoio traz para a categoria de aplicativo são o da segurança para o trabalhador estar aguardando o aplicativo tocar, ou fazendo uma chamada, coisa do tipo. E é um local para ele descansar na sua hora de intervalo, bebendo sua água, esquentando – ou até mesmo fazendo – a sua refeição”, elenca Alexandre.

“Muitos entregadores, principalmente esses que trazem a própria comida de casa, não têm um lugar para estar realizando a refeição, então faz nas calçadas, nas praças, onde vê que é um lugar seguro”, ressalta o presidente da ATAMB.

Em entrevista anterior à Agência Saiba Mais, Nathalia Soares, diretora de mulheres da ATAMB, também falou das dificuldades que a categoria enfrenta por não ter um ponto de apoio na cidade. “Quando chove, por exemplo, a gente fica debaixo dos cantos mesmo, já que não existem pontos de apoio pra descansar”, relatou na ocasião.

Além disso, os trabalhadores por aplicativo também enfrentam dificuldades para poder ter acesso a um banheiro no dia a dia. Na entrevista anterior, Nathalia contou que ela precisa esperar o aplicativo tocar para pegar a entrega em algum restaurante que disponibiliza o uso do banheiro para os entregadores, ou ir a um shopping, quando está perto.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.