Centro de Direitos Humanos promove debate sobre greve na UFRN
Natal, RN 30 de mai 2024

Centro de Direitos Humanos promove debate sobre greve na UFRN

30 de abril de 2024
4min
Centro de Direitos Humanos promove debate sobre greve na UFRN
Imagem: Reprodução/CRDHMD.

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Greve na educação pública federal e os desafios da assistência estudantil na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Esse é o tema do 21º ciclo formativo do Centro de Referência em Direitos Humanos Marcos Dionísio (CRDHMD), que acontece nesta quinta-feira (02), às 14h, no principal auditório do Instituto Ágora, localizado no campus central da UFRN.

A atividade está sendo construída em parceria com Centros Acadêmicos da universidade, o Departamento de Serviço Social  (DESSO) e o Programa de Pós-Graduação em Serviço Social (PPGSS) da UFRN, além do Serviço Social da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PROAE).

Estão confirmadas na mesa as convidadas especiais Cássia Virgínia, do Serviço Social da PROAE, Petra Machado, estudante de Serviço Social da UFRN e Verônica Ferreira, professora do Departamento de Serviço Social da mesma instituição.

Pedro Levi, advogado do CRDHMD, explica que a ideia da atividade é ampliar o debate sobre as greves universitárias que estão acontecendo em todo o país, em especial no cenário do UFRN, no que diz respeito às condições de trabalho de servidores técnico-administrativos, professores, e de terceirizados. Mas o objetivo é principalmente trazer a questão da assistência estudantil para o debate, em um contexto no qual as instituições federais de ensino reivindicam a recomposição orçamentária.

“Em especial no cenário do UFRN no que diz respeito à assistência estudantil e a consequente redução de orçamento ao longo dos anos, desde o governo passado, das universidades públicas. Redução desse orçamento que diz respeito a uma precarização nas condições de assistência e permanência de estudantes, no que diz respeito aos restaurantes universitários, às residências universitárias e aos auxílios, que hoje na UFRN está defasado. A gente precisa apresentar e defender uma política que, de fato, dialogue com o atual cenário desses estudantes e também dos trabalhadores da UFRN”, afirmou à Agência Saiba Mais.

As inscrições na atividade serão realizadas presencialmente, no próprio evento.

O CRDHMD atua no fortalecimento dos direitos humanos fundamentais por meio do atendimento à comunidade e aos movimentos sociais, trabalhando em parceria com agentes públicos e com a sociedade. Além disso, trabalha na formação em direitos humanos. Mais informações sobre o 21º Ciclo Formativo podem ser encontradas no Instagram do Centro.

Assembleia-Ato unificada na UFRN debate greve

Também na perspectiva de debater o movimento grevista, acontece na manhã desta terça-feira (30), uma assembleia-ato unificada com o tema “UFRN em Greve”, no pátio da reitoria, localizada no campus central da instituição.

A comunidade acadêmica se reúne com o objetivo de dar visibilidade às reivindicações dos docentes, técnico-administrativos e estudantes bolsistas e não bolsistas do Instituto. A atividade é realizada pelo Sindicato dos Docentes da UFRN (ADURN-Sindicato), o Sindicato Estadual dos Trabalhadores em Educação do Ensino Superior do Rio Grande do Norte (Sintest/RN) e o Diretório Central dos Estudantes (DCE/UFRN).

Atualmente, três categorias estão em greve na UFRN: os docentes, os servidores técnicos-administrativos e os alunos bolsistas da instituição. Ainda assim, a universidade não suspendeu o calendário acadêmico de 2024.

Saiba+

Assembleia-Ato Unificado pela greve na UFRN acontece nesta terça (30)

Professores, técnicos e bolsistas da UFRN seguem em greve

Greve UFRN: DCE pede suspensão do calendário em ato nesta quinta (25)

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.