Laudo aponta causa indeterminada em incêndio no Morro do Careca
Natal, RN 22 de mai 2024

Laudo aponta causa indeterminada em incêndio no Morro do Careca

7 de maio de 2024
3min
Laudo aponta causa indeterminada em incêndio no Morro do Careca
Peritos no Morro do Careca após incêndio I Foto: Itep

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Apesar de ter identificado a presença humana recente no Morro do Careca, na Praia de Ponta Negra, cartão postal de Natal, o incêndio registrado no local em fevereiro deste ano tem causa indeterminada, conforme o laudo elaborado por técnicos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), divulgado nesta terça (07).

Ao todo, uma área de cerca de 730 m2 do Morro do Careca foi atingida pelo fogo. Mas, o dano pode ser maior, já que depois da saída da equipe pericial do local, no dia 07 de fevereiro, foi registrado um novo foco de incêndio, que pode ter ampliado a área afetada. O Corpo de Bombeiros foi chamado ao Morro do Careca por causa das chamas às 21h15 do dia 06 de fevereiro.

Saiba +

Incêndio no Morro do Careca é controlado; Itep vai investigar causas

Rastros

No local, foram encontrados palitos de fósforo riscados, garrafas de vidro e copos plásticos. A partir do material recolhido, foram coletadas amostras de DNA. O Itep solicitou ao Laboratório de Genética Forense o perfil genético para comparação com o Banco de Perfil Genético, na tentativa de identificar possíveis suspeitos.

Labaredas eram vistas do calçadão de Ponta Negra I Imagem: reprodução redes sociais

O laudo ainda aponta que o fogo começou no topo da duna e se alastrou em direção à Praia de Ponta Negra. Também foi observado que os palitos de fósforo riscados estavam perto do local onde, provavelmente, o incêndio começou, o que sugere a hipótese de que o fogo tenha sido iniciado de maneira “não natural”, ou seja, por ação humana. Os peritos, no entanto, ressaltam que não é possível apontar se o incêndio foi ou não intencional.

O Morro do Careca faz parte da Zona de Proteção Ambiental 6 (ZPA-06) e também integra a Área de Proteção Permanente (APP), portanto, é proibida a presença de pessoas no local. A subida ao Morro é proibida desde 1997, porém, é comum a entrada ilegal de pessoas para realização de trilhas clandestinas no local.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.