Sesap estima 10 mil mortes por Covid-19 até 15 de maio no RN
Natal, RN 20 de jun 2024

Sesap estima 10 mil mortes por Covid-19 até 15 de maio no RN

7 de abril de 2020
Sesap estima 10 mil mortes por Covid-19 até 15 de maio no RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Secretaria Estadual de Saúde Pública do Rio Grande do Norte divulgou nesta terça-feira (07) uma projeção numérica da situação do estado diante da pandemia do coronavírus nas próximas semanas. O Governo estima que 2 milhões de potiguares podem estar infectados pelo vírus até 15 de maio. O cálculo é de um cenário otimista, considerando que 42% da população esteja cumprindo o isolamento social e inclui os casos subnotificados.

Os cenários projetados pela secretaria são inação, mitigação e supressão. Inação significa lidar com a pandemia sem ações de contenção do vírus; mitigação prevê a diminuição da propagação com ações que evitem o contágio e supressão configura o rompimento efetivo das cadeias de transmissão, reduzindo os casos ao menor número possível.

A mitigação é o cenário adotado pelo Rio Grande do Norte e parte do Brasil. Nessa perspectiva, o número de mortes pode chegar a de 10 a 11 mil óbitos nas próximas 5 semanas. A projeção apresentada também aponta que mais de 38 mil dos possíveis infectados podem se recuperar da doença.

Caso o estado não tomasse qualquer medida de contenção da circulação do vírus (inação), todo o estado poderia contrair o vírus e cerca número de óbitos chegaria a 29 mil. Já no cenário de supressão, em que medidas mais severas de isolamento são adotadas, o estado poderia ter aproximadamente 6.500 infectados e 55 óbitos. Todas as projeções são para até 5 semanas.

O estudo apresentado pela secretaria aponta ainda que novos infectados levam cerca de 4 dias para apresentarem os sintomas do coronavírus. Num cenário otimista, em 24 de maio o número de infectados deve começar a cair.

De acordo com Ricardo Volp, médico que participou do estudo dos cálculos, os números dependem da colaboração da população. "Esses números são tendências e projeções, que dependem da população cumprir ou não as medidas de isolamento e higiene, nós podemos reverter essas tendências positivamente. Se continuarmos como estamos, em 2 de maio o sistema de saúde do estado entra em colapso", explica o médico. Os cenários e projeções são atualizados semanalmente.

De acordo com Volp, o bloqueio de transmissão feito hoje no Rio Grande do Norte é de 25% e as ações de isolamento devem ser intensificadas. "No cenário atual pessimista, que considera a porcentagem de bloqueio em que estamos hoje, teremos quase 15 mil mortes até a metade do mês de maio", disse.

De acordo com o boletim divulgado nesta terça (07) pela Sesap,  o Grande do Norte possui 254 casos da Covid-19 confirmados, 2.430 suspeitos em 135 municípios, 809 descartados e 8 óbitos.

As cidades com casos confirmados do novo coronavírus são: Assú (8), Apodi (1), Areia Branca (1), Baía Formosa (1), Caraúbas (1), Carnaubais (1), Ceará-Mirim (3), Extremoz (5), Luís Gomes (1), Macaíba (2), Monte Alegre (1), Mossoró (63), Natal (116), Parnamirim (28), Passa e Fica (1), Santo Antônio (1), São Gonçalo do Amarante (11), São José de Mipibu (1), São Pedro (1), Taipu (1), Tenente Ananias (1), Tibau (1). Além destes, o Estado possui quatro confirmações de residentes em outras regiões do país, mas que foram atendidos no RN.

Os 8 óbitos confirmados são de residentes em Mossoró (3), Natal (2), São Gonçalo do Amarante (1), Taipu (1) e Tenente Ananias (1).

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.