Consórcio de veículos independentes vai cobrir casos de violência nas eleições municipais no país
Natal, RN 17 de jul 2024

Consórcio de veículos independentes vai cobrir casos de violência nas eleições municipais no país

14 de novembro de 2020
Consórcio de veículos independentes vai cobrir casos de violência nas eleições municipais no país

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Um consórcio com oito veículos de mídia independente vai participar de uma cobertura nacional mapeando casos de violência política durante as eleições municipais. Um dos veículos já confirmados é a agência Saiba Mais, responsável por mapear os registros no Rio Grande do Norte. Também fazem parte da cobertura colaborativa a agência Pública, idealizadora do projeto, Amazônia Real, Gênero e Número, Marco Zero, Ponte Jornalismo, Portal Catarinas e Projeto Colabora.

Pelo menos 10 candidatos foram assassinados desde setembro e quase 80 pessoas foram mortas por motivações políticas desde o início do ano. Monitorar os casos de intimidação aos eleitores é essencial para garantir eleições livres e democráticas. Levantamento realizado em 2018 pela Agência Pública confirmou mais de 135 casos de agressões durante as semanas que antecederam as eleições presidenciais. Esse ano, o consórcio de veículos vai documentar o problema.

O projeto Violência nas Eleições Municipais vai monitorar e mapear casos de violência e coerção eleitoral ocorridos nas semanas anteriores e posteriores ao Pleito de 2020. A ideia é investigar apenas casos de violência presencial e não online.

Partindo da participação do público, a ideia é avisar aos leitores que o consórcio de veículos participantes estará de olho em qualquer tentativa de intimidar o eleitor, garantindo assim eleições livres e democráticas.

A apuração partirá de denúncias enviadas por eleitores para um questionário elaborado através da Plataforma Screendoor – a mesma usada por sites como o ProPublica, nos EUA. Todas as respostas devem incluir nome e contato do denunciante – mas o nome só será publicado com o consentimento da pessoa e se o caso entrar na matéria final. Nenhum contato será publicado e os dados pessoais serão tratados como informações sigilosas por todos os participantes.

Que história você quer contar sobre violência na eleição de 2020?

This form requires JavaScript to complete.

Powered by CityBase.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.