Presidente da CPI, Kelps Lima, trata servidores da saúde como bandidos, critica secretário da Seplan
Natal, RN 30 de mai 2024

Presidente da CPI, Kelps Lima, trata servidores da saúde como bandidos, critica secretário da Seplan

14 de agosto de 2021
Presidente da CPI, Kelps Lima, trata servidores da saúde como bandidos, critica secretário da Seplan

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

“Repito o que disse anteriormente, deputado Kelps: profissionais da saúde do RN deveriam ser convocados para a Assembleia Legislativa prestar-lhes homenagens e não serem tratados como bandidos”, declarou o gestor da Secretaria de Planejamento e Finanças do Rio Grande do Norte, Aldemir Freire, em série de tweets da sexta-feira (13) em que critica a atuação do parlamentar como presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid.

Nas primeiras oitivas dos trabalhos, a servidora da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) Vanessa Dantas, que atua no setor de compras, chegou a chorar durante o depoimento e, após deixar a sala, precisou ser amparada por servidores da Assembleia Legislativa do RN.

“Sempre trabalhei pensando em salvar vidas. Precisávamos proteger os servidores que estavam na linha de frente para salvarem outras pessoas. Tive que agilizar os processos com base na pesquisa mercadológica. Trabalhei de domingo a domingo. Se não fosse a compra dos equipamentos teria morrido mais gente no Rio Grande do Norte”, disse Vanessa quando questionada sobre a compra de equipamentos de proteção individual para servidores da saúde.

Transparência

O secretário de Planejamento continua criticando o deputado, ao lembrar que a Comissão pediu quebra do “sigilo” das contas da Sesap, que são públicas. Aldemir expôs que Kelps Lima pediu acesso ao sistema interno da pasta, mas após mais de um ano, ainda não teve interesse em abri-lo.

“Fui ver hoje o sistema de controle do Sigef do governo do Estado, cujo acesso o presidente da CPI da Covid no RN tinha me solicitado no ano passado e a Seplan concedeu em 19/06/2020. Para minha SURPRESA o deputado Kelps NUNCA acessou o Sigef. NENHUMA vez em 420 dias corridos”, revelou Aldemir Freire.

“Deputado passou mais de um ano com acesso total aos dados financeiros do Estado (e da Covid) e NÃO dedicou nem um minuto de seu precioso tempo para analisar. Agora irresponsavelmente insinuou que os profissionais da saúde do RN criaram contas fantasmas para efetuar pagamentos”, criticou.

Confira as publicações:

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.