DEMOCRACIA

Guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho morre oito dias após confirmar Covid. Filha posta nas redes: “Que Deus o perdoe”

Foto: Reprodução Facebook

O perfil verificado de Olavo de Carvalho no Instagram confirmou a morte do guru do bolsonarismo. Ele tinha 74 anos e deixa esposa, oito filhos e 18 netos. “Com grande pesar, a família do professor Olavo de Carvalho comunica a notícia de sua morte na noite de 24 de janeiro, na região de Richmond, na Virgínia, onde se encontrava hospitalizado”, diz a nota, também publicada em perfil no Twitter.

O texto, porém, não cita a causa da morte. Em 16 de janeiro deste ano, Olavo de Carvalho confirmou que havia testado positivo para Covid-19, chegando, inclusive a cancelar as aulas do curso que mantinha em plataformas digitais.

Pouco após o anúncio da morte, feito na madrugada desta terça-feira (25), a filha de Olavo de Carvalho, Heloísa de Carvalho se pronunciou no Facebook: “Que Deus perdoe ele de todas as maldades que cometeu”. Respondendo a comentários, ela escreveu que “comemorar a morte de qualquer pessoa é assinar o atestado de total falta de humanidade”.

Pai e filha estavam brigados desde 2017. No Facebook, ao responder a um comentário, ela disse que sempre foi “órfã de pai e mãe”. “Olavo morreu de Covid. Não tem como eu sentir grande tristeza pela morte dele, mas também não estou feliz. Sendo sincera comigo e meus sentimentos”, publicou Heloisa. “Tô bem, bem e em paz comigo, minha consciência e com Deus”.

 


Segundo a nota publicada, Olavo de Carvalho morreu na noite desta segunda-feira (24), em um hospital na região de Richmond, no estado norte-americano da Virgínia, onde estava internado.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo