DEMOCRACIA

RN é o 3º no Nordeste com maior proporção de policiais candidatos. No País, essas candidaturas aumentaram 27%

Jair Bolsonaro se tornou referência para os profissionais da segurança - Foto: Reprodução/Facebook

No Rio Grande do Norte, pelo menos 37 policiais estão candidatos para as eleições de 2022 nos diversos cargos. Esse número representa 6,8% do total de candidatos e esse percentual é o terceiro maior entre os estados do Nordeste e o 11º entre todos os estados do País.

Os dados são do levantamento feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), que utilizou os dados do DivulgaCand, sistema de registro de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com as informações do órgão, em todo o País são 1.866 candidatos policiais em 2022, um crescimento de 27%, em relação a 2018 – quando 1.469 policiais estiveram candidatos.

O número de policiais candidatos este ano representa 6,6% de todas as candidaturas registradas. Os dois estados com maiores proporções desses registros são Amazonas e Distrito Federal com, respectivamente, 11,3% e 10,1% do total das candidaturas. Na outra ponta está o Ceará, onde apenas 4,3% de todas as candidaturas registradas no TSE são de profissionais da segurança pública.

Pelo estudo, o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, é a legenda com o maior número de candidatos policiais, serão 232, número que representa 13% do total de 1.866 dos nomes ligados às forças de segurança.

Os partidos de direita concentram 94,9% das candidaturas dos policiais. Além do PL, de Bolsonaro, PTB (141) e Republicanos (137) puxam a lista. No outro espectro, caiu a participação de profissionais das forças de segurança em siglas de esquerda. Em 2018, eram 2,9%. Agora, em 2022, será apenas 1,4%.

Pelo estudo, os Policiais Militares são maioria entre os candidatos. Ao todo, serão 807 nomes da ativa e 245 são reformados. Em seguida, aparecem os policiais civis, com 188 concorrentes; bombeiro, com 117; membros das Forças Armadas, 60; e outras ocupações são 466.

Os cargos mais disputados por policiais são deputado federal e deputados estadual. Ao todo, 1.044 agentes de segurança disputam uma cadeira nas assembleias legislativas e 712 concorrem ao Congresso Nacional.

No regimento da Polícia Militar está previsto que após dez anos os agentes possam se licenciar do cargo para concorrer em eleições, sem prejuízo de perda do posto.

Alguns policiais que disputam eleições 2022 no RN:

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo