Prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra elogia Bolsonaro mas declara “neutralidade” no 2º turno
Natal, RN 20 de jun 2024

Prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra elogia Bolsonaro mas declara “neutralidade” no 2º turno

13 de outubro de 2022
3min
Prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra elogia Bolsonaro mas declara “neutralidade” no 2º turno

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra (SD), declarou neutralidade para a presidência em entrevista à rádio 95FM de Mossoró. Apesar disto, o entorno do prefeito está rodeado de apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) e, ele mesmo, afirmou que não iria “esconder o que está sendo feito ou que foi feito pelo presidente da República”.

“Eu vou permanecer, a princípio, com a mesma posição que tenho adotado nesses quatro anos em que a gente está fazendo política. Foi assim candidato a deputado estadual, foi assim candidato a prefeito de Mossoró, foi assim na campanha do primeiro turno”, disse. “Hoje existe realmente uma polarização muito forte. Você vota de um lado ou de outro, algumas pessoas conseguem compreender. Outras pessoas já caminham para um lado de não ter o mínimo de compreensão”, explicou.

Apesar disso, elogiou o governo Bolsonaro logo em seguida. “Eu não vou fazer como infelizmente eu tenho visto algumas pessoas fazendo, por interesses apenas políticos ou partidários, esconder o que está sendo feito ou que foi feito pelo presidente da República. Não posso esconder, porque aí eu estaria manchando na minha história política uma posição que acho que todo político tem que ter. Ele tem que ser verdadeiro”, justificou, ao citar obras adquiridas com recursos do Governo Federal. Na mesma fala, Bezerra destacou os encontros que teve em Brasília-DF com Rogério Marinho, ex-ministro do Desenvolvimento Regional, e Fábio Faria, ministro das Comunicações.

A despeito da posição de “neutralidade”, o prefeito declarou apoio e fez campanha para Marinho — candidato eleito ao Senado no primeiro turno — e Fábio Dantas, que concorreu ao Governo estadual na chapa apoiada pelo presidente e perdeu. Rogério, inclusive, é da mesma sigla de Bolsonaro, o Partido Liberal (PL).

Candidato a deputado federal de Allyson está com Bolsonaro

Outro que se somou ao atual presidente no segundo turno foi Lawrence Amorim (SD), presidente da Câmara Municipal de Mossoró e candidato derrotado a deputado federal. Na campanha, ele contou com o apoio direto de Allyson e com a visibilidade da máquina pública. O vereador não abriu o seu voto no primeiro turno, mas agora afirmou “querer o melhor” para a cidade, ao declarar apoio a Bolsonaro.

“Estive em Brasília visitando ministérios, visitando o ministro Fábio Faria, o ex-ministro Rogério Marinho, e vi chegar a Mossoró mais de R$ 100 milhões de investimentos do Governo Federal, obras aguardadas por nossa população há décadas”, pontuou.

“Por isso, nessa eleição do segundo turno, irei votar na reeleição do presidente Jair Bolsonaro, porque acredito que Bolsonaro vai estar mandando recursos para Mossoró, mandando recursos para o nosso Rio Grande do Norte e melhorando a vida do nosso povo. Por isso eu digo aqui a vocês, respeitando as opiniões contrárias, às famílias, os amigos, nós temos o nosso posicionamento”, justificou.

Com isso, dos quatro nomes que formaram o palanque de Allyson Bezerra no primeiro turno, três já estão com Bolsonaro abertamente. O único que não se posicionou nas redes sociais foi o ex-vereador Jadson Rolim, candidato a deputado estadual também derrotado.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.