DEMOCRACIA

Bolsonaro perdeu eleição em cidade do RN que tem mais beneficiários do Auxílio Brasil no país

A cidade brasileira com mais beneficiários do Auxílio Brasil é do Rio Grande do Norte e derrotou Jair Bolsonaro (PL) nos dois turnos das eleições. Segundo a CNN Brasil, Severiano Melo, a cerca de 358 km da capital Natal, tem o maior número proporcional de beneficiários do programa, com 64% da população. Mesmo assim, Lula (PT) recebeu quatro vezes mais votos que Bolsonaro no município.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Severiano Melo tem uma população de 6.669 pessoas aptas a votar, e 5.752 habitantes com base no último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por lá, Lula recebeu 4.352 votos, correspondente a 81,29% do total da cidade. Já o atual presidente foi o escolhido por 1.002 eleitores, equivalente a 18,71% dos votantes.

O Auxílio Brasil é um programa de transferência de renda criado pelo governo Bolsonaro em substituição ao Bolsa Família. O programa foi turbinado nos últimos meses e serviu como vitrine para Bolsonaro em meio às eleições.

Instituído em outubro de 2021, ele concedia um valor mensal de R$ 400 a famílias de baixa renda. Já em julho deste ano, a Câmara dos Deputados aprovou a PEC 15, conhecida como PEC das Bondades, que deu um incremento de R$ 200 ao auxílio até o fim de 2022, e o valor para a população vulnerável foi a R$ 600.

Mesmo tendo utilizado o Auxílio como seu grande trunfo, Bolsonaro não conseguiu reverter a desvantagem e o uso eleitoreiro do benefício, como apontaram adversários. Segundo a CNN Brasil, a derrota não se restringiu a Severiano Melo: o presidente perdeu a eleição em todas as 100 cidades que mais recebem o Auxílio Brasil.

Essas cidades somam ao todo 868 mil habitantes e, a cada 100 pessoas nos municípios, 28 são beneficiárias do programa.

Ambos os candidatos cresceram os percentuais entre os dois turnos em Severiano Melo, mas isso não foi suficiente para Bolsonaro ultrapassar o candidato petista. Na primeira rodada, Lula teve 4.233 votos (78,96%) e Jair Bolsonaro, 801 votos (14,94%).

O fracasso de Bolsonaro nas urnas potiguares foi além. Dos 167 municípios do Rio Grande do Norte, ele venceu em apenas uma cidade: Parnamirim, na Grande Natal. Nas outras 166, a vitória foi de Lula. Em todo o Estado, o candidato do PT teve 65,10% dos votos, correspondente a 1.326.785 de votos. O candidato do PL obteve 34,90%, ou 711.381 votos.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo