Plágio: Em carta com tom pessoal, reitora da Ufersa convoca reunião que pode afastá-la do cargo
Natal, RN 13 de jul 2024

Plágio: Em carta com tom pessoal, reitora da Ufersa convoca reunião que pode afastá-la do cargo

26 de junho de 2023
3min
Plágio: Em carta com tom pessoal, reitora da Ufersa convoca reunião que pode afastá-la do cargo

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A reitora da Ufersa, Ludimilla Oliveira, enviou uma mensagem aos membros do Conselho Universitário (Consuni), em que confirma que presidirá a reunião que pode afastá-la do cargo na Reitoria. 

A carta é repleta de passagens com tom pessoal e conclui com a convocatória. O texto foi enviado neste domingo (25) e contém alguns pedidos aos conselheiros. A reitora diz que estará à frente na data e horário estabelecidos.

“(...) para presidir a reunião da minha destituição, aguardo presencialmente os Senhores e as Senhoras, na graça e na paz que só Deus pode nos conceder”, diz um trecho. 

Ludimilla pode deixar a função após a UFRN confirmar que ela cometeu plágio na tese de doutorado. O título é uma das condições para se assumir a Reitoria. Sem ele, Oliveira não atende aos requisitos. 

A reunião do Consuni, que tem a destituição como ponto de pauta, será realizada nesta terça-feira (27) a partir das 14h. Haverá transmissão no canal da ufersa no YouTube. 

O Consuni é a instância máxima da universidade. São 23 membros titulares além da própria reitora. A reunião funcionará da seguinte forma: os conselheiros se reúnem e é montada uma comissão que tem até 30 dias para dar um parecer sobre a saída dela ou não do cargo.

Em seguida, um novo encontro é convocado para apreciar o parecer. Caso a maioria aprove, ela deixa o cargo. 

Na semana passada, a reitora acumulou duas derrotas: primeiro, na segunda (19), ela havia tido um recurso negado pelo reitor em exercício da UFRN, Henio Ferreira de Miranda, para reverter a decisão anterior de cassação do título de doutorado.

Já na sexta (23), a Justiça Federal do Rio Grande do Norte (JFRN) negou um pedido de liminar de Ludimilla, também na tentativa de derrubar a anulação do título. Em um outro documento, um memorando enviado aos conselheiros ainda na sexta, ela informou que iria recorrer da decisão.

Saiba mais

Em 2ª derrota na semana, reitora da Ufersa tem liminar negada por juiz e segue com título cassado

Reitora da Ufersa tem recurso negado e UFRN mantém cassação do título de doutorado

Reitora da UFERSA nomeada por Bolsonaro pode perder cargo após UFRN confirmar plágio em tese de doutorado

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.