Primeiro cemitério público de Natal, “chão sagrado” do Alecrim vira livro
Natal, RN 15 de jun 2024

Primeiro cemitério público de Natal, “chão sagrado” do Alecrim vira livro

10 de julho de 2023
4min
Primeiro cemitério público de Natal, “chão sagrado” do Alecrim vira livro

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Segundo Câmara Cascudo, “Natal não sabia o que era um cemitério” até que em 1855 foi construído o primeiro local público para sepultamentos na capital potiguar, o Cemitério do Alecrim. Esse patrimônio histórico-cultural da cidade de Natal é tema do último lançamento da editora Sebo Vermelho. 

Cemitério do Alecrim, Chão Sagrado tem lançamento marcado para quinta-feira, dia 13, a partir das 18h, na Fundação Capitania das Artes, no bairro de Cidade Alta.

O livro-álbum reúne 162 páginas com fotos e textos de diferentes gêneros que montam um rico painel sobre o cemitério e mostram a relevância desse espaço para a cidade. São causos, lendas e poemas de autores como Câmara Cascudo, Lenine Pinto, Lauro Pinto, Iracema Macedo e Zila Mamede.

Abimael Silva e Danielle Brito, organizadores do livro (Foto: Canindé Soares)

As fotos que ilustram o volume são dos fotógrafos Canindé Soares e João Maria Alves. Para Abimael Silva, livreiro e um dos organizadores da obra, as imagens enriquecem a edição e “revelam aspectos de uma beleza, simples e reflexiva, que visitas e olhares apressados não detectam por trás dos muros [do cemitério]”.

O livro ainda conta com uma sugestão de roteiro para visitação, incluindo um mapa com a localização dos túmulos de pessoas célebres e personagens famosos do estado. 

Segundo, a produtora cultural Danielle Brito, que também é responsável pela organização do livro, o guia indica onde estão 31 túmulos para serem visitados. “Todos estão numerados e localizados, com orientação de qual quadra e rua do cemitério se encontram”, ela explica.

O livro é também acompanhado do filme κοιμητήριον - Lugar do Sono Eterno, do diretor Augusto Lula. Danielle Brito, conta que na edição há um qrcode que leva ao filme: “O leitor pode acessar pelo celular, conectar à TV, se quiser, e assistir ao documentário”.

Segundo ela, o filme traz textos que não foram contemplados no livro e, ao fim, serve de alerta, ao mostrar o abandono no qual se encontra atualmente o patrimônio.

Vista aérea do Cemitério do Alecrim (Foto:Canindé Soares)

Sobre as duas obras, livro e filme, o diretor Augusto Lula afirma que elas são “um primeiro olhar sobre o primeiro cemitério público de Natal, um Chão Sagrado do Sono Eterno onde estão nossos antepassados, anônimos ou não, os que ficam ou ficaram na nossa memória e na memória da urbe”.

Para ele, a importância dessas produções é revelar, trazer para a superfície, “o ontem que está hoje esquecido”. “Os cemitérios, são para mim, patrimônios materiais e imateriais. Material devido a sua arquitetura e imaterial pelos que lá moram eternamente”, afirma o diretor.

Durante o evento de lançamento do livro também ocorrerá a estreia do documentário κοιμητήριον - Lugar do Sono Eterno, com exibição em duas sessões: às 18h30 e às 19h30. O filme compõe uma trilogia do diretor sobre Natal junto a Ribeira Velha de Guerra, de 1993, e Arredia e Tão Só, de 2015.

Cemitério do Alecrim, Chão Sagrado é uma produção do Sebo Vermelho, organizada por Abimael Silva e pela produtora cultural Danielle Brito, com patrocínio da Empresa Vila através dos incentivos da Prefeitura do Natal e da Lei Djalma Maranhão. A edição do livro é do jornalista Carlos Peixoto, a impressão é da Offset Gráfica.

Serviço:

Evento: Lançamento do livro-álbum Cemitério do Alecrim – Chão Sagrado e estreia do filme κοιμητήριον - Lugar do Sono Eterno. 

Local: Fundação Capitania das Arte (Av. Câmara Cascudo, 434) 

Horário: 18h

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.