Marcha da Maconha acontece neste domingo (3) em Natal
Natal, RN 22 de abr 2024

Marcha da Maconha acontece neste domingo (3) em Natal

31 de agosto de 2023
3min
Marcha da Maconha acontece neste domingo (3) em Natal

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Mais uma edição da Marcha da Maconha será realizada neste ano em Natal. O evento acontece no domingo (3), com concentração a partir das 13h ao lado da antiga faculdade Estácio de Sá, no bairro Ponta Negra, zona Sul da Capital. Às 16h20, maconheiros e maconheiras saem em caminhada.

A programação deste ano trará algumas atrações culturais. Uma delas será a cantora Vic Kabulosa. Estudante de licenciatura em Música na UFRN, ela já passou por palcos de eventos como Festival DoSol, Spotted, Mada e outros. 

Juliana Leite, mais conhecida como juxjux, @jujux84x, é definida pela Marcha como “a resistência em pessoa”. Moradora da zona Norte de Natal, a estudante de Pedagogia tem suas músicas baseadas na vivência e um som caracterizado pela organização como “forte, pesado e emocionante”.

A Marcha ainda abrirá espaço para a cultura hip hop, com a organização da Batalha da Liberdade. Através de diferentes versos, rimas e poesias, artistas vão batalhar em confrontos que pretendem trazer a discussão sobre antiproibicionismo e políticas públicas sobre drogas. Quem conduzirá o momento será a Batalha das Minas.

A edição de 2023 acontece em um momento especial, já que o Supremo Tribunal Federal (STF) discute a descriminalização do porte de drogas para consumo próprio. Até o momento, há cinco votos pela inconstitucionalidade da criminalização do porte de maconha para consumo próprio e um voto que mantém as penalidades para quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar.

O julgamento foi suspenso por pedido de vista do ministro André Mendonça, em 24 de agosto, e deve retornar em breve.

O evento é realizado anualmente na capital potiguar desde 2010. As exceções foram em 2020 e 2021, em virtude do isolamento social, tendo retornado em 2022.

Deputado quer dia de combate à maconha no RN

Em meio à organização da marcha, o deputado estadual Coronel Azevedo (PL-RN) apresentou um projeto de lei que institui o Dia Nacional de Combate à Maconha. A justificativa, segundo o parlamentar, é “pelos malefícios que geram para quem utiliza e para a saúde coletiva”.

O texto foi anunciado nesta terça-feira na Assembleia Legislativa e, caso aprovado, será realizado a cada dia 29 de agosto. 

De acordo com a matéria apresentada, uma semana antes do Dia de Combate a Maconha a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap) deve desenvolver atividades educativas mostrando os danos que o uso da maconha provoca na saúde humana.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.