Influenciador potiguar Ivan Baron diz que vai processar humorista após ser alvo de piada capacitista
Natal, RN 1 de mar 2024

Influenciador potiguar Ivan Baron diz que vai processar humorista após ser alvo de piada capacitista

19 de setembro de 2023
4min
Influenciador potiguar Ivan Baron diz que vai processar humorista após ser alvo de piada capacitista

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O jovem influenciador potiguar Ivan Baron foi alvo de um ataque capacitista do humorista Léo Lins, que debochou de sua deficiência física. Em uma nota de repúdio, Baron classificou as falas como atos criminosos que não devem mais ser tolerados.

As ofensas aconteceram em um show de stand-up comedy de Lins, em que também zombou de pessoas com hidrocefalia. 

“Olha como é que nem a militância se entende, porque um tempo atrás veio um processo grande que eu tô passando, que quem foi o responsável por isso foi um militante lá que foi o que subiu a rampa com Lula [neste momento, Léo Lins imita uma pessoa com paralisia cerebral e faz gestos estereotipados]. Quando o Lula tomou posse e botou os Power Rangers. Subiu o azul, o vermelho, o índio, o rosa. Subiu um de cada… P####. Um cachorro. Era o Village People subindo a rampa”, disse.

O potiguar reagiu, elencando o que sentiu ao assistir o vídeo. 

“Foi impossível não sofrer, relembrando vários gatilhos que precisei passar durante todo o processo de aceitação da minha deficiência (paralisia cerebral) e me senti, mais uma vez, humilhado por uma pessoa que não teme as consequências que a suposta ‘piadinha’ pode causar na vida do outro”, afirmou.

[CONTEÚDO SENSÍVEL❗️]
Infelizmente preciso vim aqui nas redes sociais expor mais um ataque CAPACITISTA que eu sofri de autoria do Léo Lins. Chegou até a mim um vídeo em que o humorista durante o seu show de standup se refere a minha pessoa de maneira extremamente ofensiva + pic.twitter.com/9QDUkqsyAE

— Ivan Baron 🦯 (@ivanbaron) September 18, 2023

Baron ainda se questionou até quando as pessoas que não pertencem a um padrão de linguagem e expressão corporal terão que sofrer este tipo de violência. 

“Mais grave ainda é ele ser aplaudido por isso e ter a chance de monetizar seu ‘trabalho’”, criticou.

Hidrocefalia

No mesmo espetáculo, Lins fez outras “piadas” envolvendo pessoas com hidrocefalia, dando a entender que os homens e mulheres com esta condição enchem a cabeça com água da pia para aguentar o calor.

“É CRUELDADE FALAR ISSO , FALTA DE RESPEITO TOTAL COM O INDIVÍDUO E SUA FAMÍLIA”, escreveu o influenciador potiguar, em caixa alta. 

“Esses atos são criminosos e não podem mais ser tolerados nos tempos em que vivemos, principalmente quando nos propomos a lutar por uma sociedade mais inclusiva e aberta para diversidade”, continuou. 

Ivan disse também que tomará medidas judiciais para que haja justiça e o combate à impunidade.

“Ações judiciais já estão sendo tomadas porque não dá mais para tratar como algo que não aconteceu, mas existe sim e grita por justiça, acredito que a impunidade não pode se sobressair, para acabarmos de vez com o preconceito e a crueldade disfarçados de humor”, apontou.

Léo Lins tem histórico de ataques a diferentes grupos

Não é a primeira vez que o humorista, com passagens por programas como Agora é Tarde (Band) e The Noite (SBT) com Danilo Gentili, profere comentários preconceituosos contra minorias e pessoas com deficiência. 

As falas envolvendo crianças com hidrocefalia, por exemplo, foi o que motivou sua demissão do SBT, no ano passado.

"Eu acho muito legal o Teleton, porque eles ajudam crianças com vários tipos de problema. Vi um vídeo de um garoto no interior do Ceará com hidrocefalia. O lado bom é que o único lugar na cidade onde tem água é a cabeça dele. A família nem mandou tirar, instalou um poço. Agora o pai puxa a água do filho e estão todos felizes", declarou Léo Lins.

Quem é Ivan Baron

O influenciador da inclusão Ivan Baron tem 24 anos e é natural de Natal. Neste ano, marcou seu nome ao subir a rampa do Palácio do Planalto para entrega da faixa presidencial a Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em 1º de janeiro.

No Instagram, ele acumula quase 500 mil seguidores. O jovem é contratado da mynd8, agência que reúne influenciadores como Thaynara OG, Tia Má e Yuri Marçal, além de artistas como Cleo, Caio Castro, Heloise Périssé, Pabllo Vittar e mais. Buscamos a assessoria de imprensa de Ivan Baron, mas não tivemos retorno até a publicação desta matéria.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.