RN: Mais de 1200 fazem ENEM nos presídios e 29 têm reaplicação
Natal, RN 26 de fev 2024

RN: Mais de 1200 fazem ENEM nos presídios e 29 têm reaplicação

13 de dezembro de 2023
5min
RN: Mais de 1200 fazem ENEM nos presídios e 29 têm reaplicação
Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes | Foto: Seap-RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A terça-feira (12) e a quarta (13) estão sendo dias de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para milhares de pessoas no Brasil, incluindo o Rio Grande do Norte. 

No estado, mais de 1.200 internos do sistema prisional fazem a prova destinada às Pessoas Privadas de Liberdade (PPL). Outros 29 inscritos realizam a reaplicação do exame regular feito em novembro. Neste caso, são participantes que tiveram algum problema logístico nos dias originais ou que estavam acometidos por doenças infectocontagiosas e solicitaram a reaplicação ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

ENEM PPL

As duas provas, tanto o PPL quanto o exame regular, estão sendo aplicadas nos mesmos dias. No Rio Grande do Norte, segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), 1.233 internos estão aptos a realizar o exame. Já para o Inep, esse número é de 1.271 pessoas.

A unidade com maior número de privados de liberdade na realização do exame é a Cadeia Pública de Ceará Mirim, com 240 internos, seguida da Penitenciária Estadual de Alcaçuz e Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, com 158 e 157, respectivamente. Na Cadeia Pública de Natal são 69 internos, 10 na Unidade Psiquiátrica de Custódia e Tratamentos, 14 no Centro de Detenção Provisória de Parnamirim feminino, 8 no Complexo Penal João Chaves masculino e 24 no feminino, além de 84 na Penitenciária Estadual de Parnamirim. 

No interior do Estado, 27 privados de liberdade realizam as provas na Cadeia Pública de Nova Cruz, 19 no Centro de Detenção Provisória de Apodi, 22 no Complexo Penal Regional de Pau dos Ferros, 35 na Cadeia Pública de Caraúbas, 88 na Penitenciária Estadual do Seridó masculino e 7 no feminino.  Em Mossoró, são 63 internos na Cadeia Pública, 131 no Complexo Penal Estadual Agrícola Mário Negócio masculino e 23 no feminino. 

Além das unidades prisionais, pela primeira vez, sete reeducandos da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados de Macau (APAC), fazem o ENEM. Sete egressos participaram do primeiro dia de provas no Escritório Social de Mossoró.

O exame é constituído de redação e de quatro provas objetivas com 45 questões de múltipla escolha. 

Nesta terça (12) foram aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias. A aplicação conta com cinco horas e meia de duração. No segundo dia, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e matemática, com duração de cinco horas.  

ENCCEJA

Em outubro deste ano, 2.190 privados de liberdade fizeram o Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos (ENCCEJA PPL). A divulgação do resultado está prevista para o dia 16 de janeiro de 2024 e poderá ser consultada na unidade prisional onde o interno realizou o exame.

ENEM regular

O ENEM regular foi feito em 5 e 12 de novembro. Contudo, mais de 9 mil participantes em todo o país tiveram algum tipo de problema. Dentre as dificuldades logísticas, por exemplo, estavam inscritos que foram alocados a mais de 30 quilômetros da residência e também receberam a opção de solicitar o direito.

O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, o Enem se tornou a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitar as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Confira a lista de inscritos no ENEM PPL e aptos a reaplicação, segundo o Inep:

UF de ProvaQuantidade de Inscritos Enem PPLQuantidade de Inscritos Enem Reaplicação
AC59410
AL47219
AM858449
AP42912
BA2.299232
CE5.43766
DF1.96538
ES3.21131
GO2.559114
MA2.85456
MG6.683182
MS1.93523
MT2.54723
PA4.176134
PB1.57430
PE2.61965
PI1.35632
PR4.26890
RJ2.4574.718
RN1.27129
RO1.52311
RR1.0634
RS3.40059
SC5.243755
SE45421
SP22.1192.237
TO80311
Total84.1699.451

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.