ENEM do Concurso Público vai ocorrer em quatro cidades do RN
Natal, RN 5 de mar 2024

ENEM do Concurso Público vai ocorrer em quatro cidades do RN

10 de janeiro de 2024
5min
ENEM do Concurso Público vai ocorrer em quatro cidades do RN
Foto: Wilson Dias / Agência Brasil

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Governo Federal vai realizar uma verdadeira força tarefa para a realização do Concurso Público Nacional Unificado, que está sendo conhecido pelo nome de "Enem dos Concursos Públicos. As provas serão aplicadas em 220 cidades. Foram anunciadas hoje Santos (SP), Petrópolis (RJ) e Blumenau (SC). No Rio Grande do Norte haverá provas em Natal, Mossoró, Parnamirim e Caicó. São 6.640 vagas distribuídas em 21 órgãos federais. As inscrições começam em 19 de janeiro e vão até 6 de fevereiro. As provas serão aplicadas dia 5 de maio.

Em coletiva de imprensa dada hoje (10), a ministra da Gestão e Inovação, Esther Dweck, falou do esforço em descentralizar e oferecer diversidade ao serviço público, pelo número de cidades que contemplarão a aplicação de provas, o que permite muito mais oportunidade para quem não tem condições de viajar até Brasília (DF) para fazer o Concurso.

Segundo detalhou, o certame será elaborado pela Fundação Cesgranrio, contará com 350 mil pessoas envolvidas na força de trabalho, distribuídas em 5.349 coordenações; serão aplicadas provas em 77.242 salas de aula, com capacidade para 46 alunos cada; espalhadas em 5.141 locais de aplicação, que contarão com 1.419 rotas de distribuição. Os número foram calculados tomando como base IPEA e IBGE e 94% da população brasileira está a, no máximo, 100 quilômetros de distância de cada cidade onde terá prova.

“Queremos o serviço público com a cara do Brasil. Já temos uma diversidade regional em Brasília, mas pode ser ampliada. Muitas vezes as pessoas precisam se deslocar para Brasília ou na melhor das hipóteses ir para as capitais", disse Dweck

As provas do Enem dos Concursos serão aplicadas da seguinte forma: pela manhã, ocorrerá a prova objetiva (de marcação de respostas) de conhecimento geral e a prova dissertativa (escrita), com conhecimentos específicos; e à tarde, ocorrerá a prova objetiva de conhecimentos específicos.

A previsão é de que o edital do certame seja publicado na tarde desta quarta-feira (10). Ao todo, serão 6.640 vagas divididas em 21 órgãos federais. E as inscrições serão feitas no Portal Gov.br. Para se inscrever, será necessário ter conta no portal de qualquer nível (ouro, prata ou bronze). A taxa de inscrição custará R$ 60 para nível médio e R$ 90 para nível superior.

A taxa de inscrição dará direito aos candidatos de disputar várias vagas em diferentes órgãos federais, desde que dentro do mesmo bloco temático. Poderão pedir isenção da taxa inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), doadores de medula óssea e bolsista ou ex-bolsista do Programa Universidade para Todos (Prouni) ou Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

O Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos prevê atrair de 2 milhões a 3 milhões de candidatos. Do número total de vagas, 5.948 são para nível superior (graduação) e 692 são de nível médio. Os salários variam de R$ 3,7 mil a R$ 23 mil. A divulgação final dos resultados ocorrerá em 30 de julho, com o início da convocação para a posse e para os cursos de formação em 5 de agosto.

Confira abaixo mais informações sobre o concurso:

Blocos temáticos

  • Bloco 1: Infraestrutura, Exatas e Engenharia (727 vagas);
  • Bloco 2: Tecnologia, Dados e Informações (597 vagas);
  • Bloco 3: Ambiental, Agrário e Biológicas (530 vagas);
  • Bloco 4: Trabalho e Saúde do Servidor (971 vagas);
  • Bloco 5: Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (1.016 vagas);
  • Bloco 6: Setores Econômicos e Regulação (359 vagas);
  • Bloco 7: Gestão Governamental e Administração Pública (1.748 vagas);
  • Bloco 8: Nível intermediário (692 vagas).

Reserva de vagas

  • 20% para pessoas negras;
  • 5% para pessoas com deficiência;
  • 30% para indígenas nos cargos para a Funai.

Cronograma

  • Inscrições: 19/01 a 09/02/2024
  • Divulgação dos dados finais de inscrições: 29/02/2024
  • Divulgação dos cartões de confirmação: 29/04/2024
  • Aplicação das provas: 05/05/2024
  • Divulgação dos resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e redação: 03/06/2024
  • Divulgação final dos resultados: 30/07/2024
  • Início da convocação para posse e cursos de formação: 05/08/2024

Inscrições

  • Realizadas na plataforma única, no Portal Gov.br, com contas ouro, prata ou bronze;
  • Taxa: R$ 60 (nível médio) e R$ 90 (nível superior);
  • Isenção:
    – Inscritos no CadÚnico;
    – Doador de medula óssea;
    – Bolsista ou ex-bolsista do ProUni;
    – Bolsista ou ex-bolsista do Fies.
  • Só será permitida uma inscrição por CPF.

Escolha das vagas
O candidato poderá concorrer a todos os cargos dentro do mesmo bloco temático, com as seguintes etapas de escolha:

  • Etapa 1: escolher o bloco temático;
  • Etapa 2: escolher os cargos dentro do mesmo bloco temático;
  • Etapa 3: ordenar preferência entre os cargos;
  • Etapa 4: ordenar preferência entre as especialidades;
  • É possível expressar preferência entre todos os cargos e especialidades ou apenas em alguns deles.

Nível médio

  • Pela manhã (2h30 de duração): provas objetivas (20 questões) + redação;
  • Pela tarde (2h30 de duração): provas objetivas (40 questões).

Com informações da Agência Brasil

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.