Julieta Hernández: Palhaçaria Feminina protesta contra feminicídio em Natal
Natal, RN 5 de mar 2024

Julieta Hernández: Palhaçaria Feminina protesta contra feminicídio em Natal

10 de janeiro de 2024
3min
Julieta Hernández: Palhaçaria Feminina protesta contra feminicídio em Natal
Julieta Hernández I Imagem: reprodução redes sociais

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Está programada para a próxima sexta (12), às 18h30, na Praça Cívica de Natal, uma manifestação pela paz e contra o feminicídio, organizada pela Rede Potiguar de Palhaçaria Feminina, por causa da morte de Julieta Hernández, artista venezuelana que se apresentava pelo Brasil como a palhaça Miss Jujuba e que integrava o grupo de mulheres que viajavam de bicicleta “Pé Vermei”.

A artista estava desaparecida desde o dia 23 de dezembro do ano passado. Seu corpo foi encontrado no domingo (6), na cidade de Presidente Figueiredo, a 125 quilômetros de Manaus (AM). No Brasil desde 2016, Julieta fazia apresentações de rua, além de teatros, e estava há quatro anos atravessando o país de bicicleta. A rota levaria a artista a encontrar a família, na Venezuela.

A Polícia Civil do Amazonas prendeu na última sexta (5) um casal suspeito de cometer o crime. A artista teria se hospedado na casa da dupla porque não teria encontrado vaga em pousadas e hotéis melhores. O delegado responsável pelo caso acredita que o crime teria sido cometido por conta do roubo do celular da artista e por causa de uma briga do casal por ciúmes.

Durante a madrugada o homem teria tentando roubar o celular da vítima, que reagiu e foi enforcada até perder a consciência. A esposa, a mando do marido, amarrou as mãos e os pés de Julieta, quando o suspeito violentou a venezuelana. Na sequência, a mulher ligou as luzes e flagrou o marido, com ciúmes, ela teria jogado álcool e ateado fogo nos dois. Depois disso, o casal teria levado Julieta para área de mata e enterrado a artista.

O corpo de Julieta foi identificado por meio de exame de necropapiloscopia. O casal suspeito do crime tem cinco filhos, que estavam na casa no momento do crime. Segundo a polícia, partes da bicicleta da artista foram encontradas nas proximidades da casa dos suspeitos que, por sua vez, ficava perto do terreno onde Julieta foi encontrada.

A Rede Potiguar de Palhaçaria Feminina pede que as pessoas que forem participar da manifestação levem suas bicicletas e cartazes.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.