BR-304: interdição trouxe prejuízo para comércio na beira da estrada
Natal, RN 24 de mai 2024

BR-304: interdição trouxe prejuízo para comércio na beira da estrada

24 de abril de 2024
3min
BR-304: interdição trouxe prejuízo para comércio na beira da estrada

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

De 500 almoços por dia, a Churrascaria Chimarrão, na beira da BR-304, na altura de Lajes, tem vendido apenas 50. “Caiu muito. Só está vindo o pessoal que trabalha nas eólicas”, diz a atendente do estabelecimento. Mesmo com a queda drástica no movimento, o restaurante segue com funcionamento 24h. Dos 40 funcionários, hoje são apenas 15. O restante da equipe ganhou férias antecipadas.

A mesma situação se vê na Pousada O Bom Cabrito. “Estamos trabalhando com 20% só da ocupação. Quase não servimos mais refeições. Tivemos que adiantar as férias e informar que voltaríamos a contratar quando a situação normalizasse”, informa Edson, o proprietário da pousada. “Antes eram 10 mil carros por dia na BR. Hoje não está passando ninguém”.

Procurado, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou por meio da assessoria que em relação às obras de implantação do desvio na BR-304, em Lajes, o cronograma de conclusão precisou ser revisto devido às constantes chuvas que não cessam na região. A expectativa é de que o desvio esteja operando até o início de maio.

Contudo, diz a nota da assessoria, as equipes do do órgão “sempre que as condições climáticas são favoráveis vem dando celeridade aos trabalhos, visando liberar o tráfego no trecho o quanto antes”.

O DNIT informa ainda que no trecho foram realizados diferentes serviços como a limpeza da área, regularização do subleito e terraplenagem. E ainda está em andamento a execução de camada drenante com pedra rachão e de brita graduada, além da instalação de tubulação de um bueiro que vai permitir o fluxo do rio. 

Em relação a construção da nova ponte, o Departamento informa que “o anteprojeto para contratação emergencial de empresa que fará a obra está em análise pela equipe técnica da autarquia. Após a aprovação do anteprojeto, será dado início ao processo de contratação de empresa especializada para construção”.

E esclarece que “a nova estrutura terá conformações diferentes da travessia que colapsou, visando elevar a capacidade de vazão no segmento e afastar o risco da ocorrência de sinistros”.

Desvios alternativos

Os veículos que trafegam na BR-304 precisaram encontrar caminhos alternativos por rodovias estaduais e por dentro de municípios vizinhos, o que tem aumentado os trajetos em dezenas de quilômetros e aumentado os custos da viagem. A linha de ônibus Natal-Mosso, da Viação Nordeste, passou a ser de seis horas. Porém, a empresa informa que o preço da passagem continua o mesmo, R$ 92,00.

Entenda

Desde o dia 31 de março, a BR-304 está bloqueada nas imediações do município de Lajes, após o desabamento de uma ponte. De início, o DNIT planejava concluir um desvio em 15 dias, porém até o momento não foi possível se concretizar. E, no dia 16 de abril, a obra do desvio foi inundada por causa das fortes chuvas e da cheia do Rio Ponta de Serra.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.