Força Nacional do SUS chega ao RN para ajudar afetados pelas enchentes de Ipanguaçu 
Natal, RN 26 de mai 2024

Força Nacional do SUS chega ao RN para ajudar afetados pelas enchentes de Ipanguaçu 

17 de abril de 2024
3min
Força Nacional do SUS chega ao RN para ajudar afetados pelas enchentes de Ipanguaçu 
Equipe da Força Nacional do SUS em reunião com a Sesap Natal | Foto: Sesap/Assecom

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Uma equipe da Força Nacional do Sistema Único de Saúde (FN-SUS) chegou ao Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (17), para atuar no suporte à população de áreas isoladas, devido às enchentes no município de Ipanguaçu, no Oeste do estado, a 218 km de Natal. 

O grupo é formado por oito profissionais, entre enfermeiros e médicos, e vai atuar na região por pelo menos 10 dias. A equipe vai oferecer assistência de saúde às famílias, realizar vacinação e outros tipos de atendimentos.

O superintendente do Ministério da Saúde no RN, Jalmir Simões, informou que o município realizou um relatório com relações de famílias que são afetadas pelas enchentes que estão em áreas isoladas ou abrigadas em escolas da cidade. 

“Nesse contexto, ciente da situação declarada de emergência em saúde pública na cidade de Ipanguaçu, no Oeste Potiguar, em virtude das consequências das chuvas intensas recentemente registradas naquele território, o Governo Federal disponibilizou a atuação da FN-SUS para socorrer a população local com o diagnóstico de ações estratégicas para garantia da assistência em saúde e financiamento para medidas emergenciais referente a aquisição de insumos básicos.”, escreveu Jalmir nas redes sociais. 

Município decretou estado de calamidade 

O município de Ipanguaçu decretou estado de calamidade no início de abril.  Afetado pela sangria do açude de Pataxó, a região está com quase quatro mil pessoas em situação de maior vulnerabilidade, devido ao grande volume de chuvas neste mês de abril, como apontou a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), que está articulando ações junto com o Ministério da Saúde. Segundo a prefeitura, o município ainda segue com três bairros alagados e 16 comunidades rurais isoladas.

Já a vinda da Força Nacional do SUS, se deu depois de uma visita técnica por integrantes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e membros das secretarias estaduais e municipais de saúde. Após a vistoria, alguns problemas foram verificados, como o crescimento de casos de doenças, principalmente as viroses. 

A Sesap, através da Vigilância em Saúde e Vigilância Ambiental, já realizou visita ao município para oferecer suporte local. A assistência da pasta, inclui o apoio à Atenção Primária em Saúde, responsável pelo trabalho direto no município, e também atividades de controle ambiental, como o monitoramento da qualidade da água e visitas aos abrigos para avaliar as condições.

Além disso, o Hospital da Mulher, em Mossoró, vai estar à disposição para o caso de eventual desastre com vítimas, além de ter estrutura para pouso de aeronaves, se necessário.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.