Literatura: projeto do RN é selecionado em concorrido edital do Brasil 
Natal, RN 25 de mai 2024

Literatura: projeto do RN é selecionado em concorrido edital do Brasil 

7 de maio de 2024
4min
Literatura: projeto do RN é selecionado em concorrido edital do Brasil 
Regina é escritora e poeta | foto: Reprodução/Redes sociais

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A obra de literatura da potiguar Regina Azevedo foi uma das 100 selecionadas da 20ª edição do Rumos Itaú Cultural, um dos mais importantes editais privados do Brasil, que contemplou projetos nas áreas de arte e tecnologia, artes visuais, design, arquitetura, moda, gastronomia, audiovisual, circo, dança, literatura, performance, música, teatro, games e história em quadrinhos (HQ). Ao todo, foram selecionados trabalhos dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal, de modo que todas as regiões serão impactadas pelas ações desenvolvidas.

“O interior do interior da minha avó”, da escritora, poeta e natalense, Regina Azevedo, foi o projeto escolhido do Rio Grande do Norte. E agora, a autora, vai focar no processo de criação do livro que será focado em um lugar chamado “Riacho de Palha”. “Ainda não sei se será poesia ou prosa, preciso sentir isso na pesquisa… Mas tenho gostado muito, desde minha plaquete Brasil, uma trégua (Círculo de Poemas, 2023), de mesclar ficção e realidade, de abrir brechas para a criação de uma intimidade muito funda com o texto e com o leitor.”, explicou Regina em entrevista para Agência Saiba Mais

A escritora potiguar também explicou da importância que o projeto terá para ajudar a poeta a escrever mais um livro. “Eu fiquei muito feliz e surpresa com a aprovação do meu projeto no Rumos. Isto significa, para mim, uma oportunidade de me dedicar a um projeto de escrita de um livro. Como artista, como poeta, eu sou uma trabalhadora, e é importante que nós tenhamos condições dignas para trabalhar. “, explicou Regina. “A escrita é um trabalho. Eu tenho dito: a literatura cria mundos, mas o/a poeta precisa pagar o aluguel.”, completa. 

Editais ajudam a democratizar acesso a recursos, defende a poeta 

A região Nordeste é a que soma os projetos mais escolhidos no edital do Itaú Cultural, com 41%, do total dos selecionados. Na sequência está o Sudeste, totalizando 29% dos selecionados e o Norte, com 12%. Ao todo, 9.389 projetos foram inscritos em todo o país. Confira a lista dos projetos selecionados aqui. 

Regina explica que o Rio Grande do Norte ainda precisa avançar na aplicação de editais de forma respeitosa com os artistas. “E isso vai desde ouvir de verdade sobre as suas necessidades até respeitar cronogramas, o que não temos visto acontecer, infelizmente (vide as últimas notícias e as reclamações, com toda razão, dos artistas contemplados na LPG estadual, que ainda não foram pagos)…”, completou. 

Escritora já lançou outros livros, como o livro de poemas “Brasil, uma trégua" de 2023. Na obra, a poeta traz uma série de poemas contundentes que revelam a vida privada e coletiva em um país destruído pela peste e por um governo autoritário.  Algumas outras obras da autora são:  “Das Vezes que Morri em Você” (editora Jovens Escribas). Depois ainda escreveu “Candura” (2014), livro de contos, “Por isso eu amo em azul intenso” (2015, ed. Jovens Escribas), o fanzine: Carcaça (2015) com poemas, fotografias, arquivos, projeto gráfico escritos para seus avós e disponível gratuitamente na internet e seu último: “Pirueta” (2017, selo doburro).

Leia também:

Lei Paulo Gustavo tem pagamento adiado mais uma vez no RN

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.