Facebook exclui página do movimento Brasil 200, de Flávio Rocha, sob alegação de fake news
Natal, RN 17 de abr 2024

Facebook exclui página do movimento Brasil 200, de Flávio Rocha, sob alegação de fake news

25 de julho de 2018
Facebook exclui página do movimento Brasil 200, de Flávio Rocha, sob alegação de fake news

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A decisão do Facebook em excluir 186 páginas e 87 contas no Brasil sob a justificativa de formarem uma "rede de desinformação" atingiu os coordenadores do Movimento Brasil Livre (MBL) e sobrou também para o empresário Flávio Rocha. A página do movimento Brasil 200, criado por um grupo de empresários, cujo líder é o dono lojas Riachuelo, também foi retirada do ar.

O empresário pernambucano com raízes no Rio Grande do Norte ficou revoltado e conclamou, através de sua conta pessoal no microblog twitter, "a bancada do Brasil 200 no Congresso Nacional" para reagir.

Flávio Rocha foi pré-candidato à presidência da República pelo PRB, mas retirou o nome da disputa antes de conseguir viabilizar a candidatura.

Em vídeo, ele agradeceu à família, aos amigos, aos apoiadores e destacou os "intrépidos garotos do MBL que estiveram comigo nessa jornada".

O MBL é o principal propagador de fake news da internet.

O Movimento Brasil Livre se destacou em 2016 no país ao liderar as manifestações de rua pelo impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff.

As páginas desativadas do MBL somavam mais de meio milhão de seguidores e divulgavam sobretudo conteúdo político com abordagem conservadora e falsa.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.