Preço do petróleo provoca queda de 10% e Bovespa tem primeira interrupção desde 2017
Natal, RN 24 de mai 2024

Preço do petróleo provoca queda de 10% e Bovespa tem primeira interrupção desde 2017

9 de março de 2020
Preço do petróleo provoca queda de 10% e Bovespa tem primeira interrupção desde 2017

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Por Brasil de Fato

A Bolsa de Valores de São Paulo, a maior da América Latina, apresentava queda de 8,8% logo após ter sido interrompida durante 30 minutos por meio do mecanismo de interrupção, chamado de“circuit breaker”, acionado com a queda de mais de 10% no momento de abertura.

O “circuit breaker” é um sistema pelo qual as operações são suspensas por meia hora para evitar um colapso geral da bolsa.

As ações da Petrobras apresentaram queda de 24% após a crise dos preços do petróleo no índice Bovespa, que operava nos níveis de 2017, abaixo de 89.000 pontos e também precisou recorrer ao mecanismo de “circuit breaker”. O mesmo acontece se o índice da Bovespa cair mais de 15% nas próximas horas.

O dólar subiu mais de 2,5%, sendo negociado a R$ 4,75 o preço mais alto desde que o Plano Real foi implementado em 1994.

Petróleo

A queda no preço do petróleo foi ocasionada pela disputa entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e a Rússia. O preço do barril de petróleo tipo Brent desvalorizou mais de 30% na manhã desta segunda-feira (9). Foi a maior queda diária de preço do barril desde a Guerra do Golfo, em 1991.

Após a Rússia rejeitar na sexta-feira (6) a proposta da Opep sobre cortes na produção petrolífera para buscar uma estabilização do preço do petroleo que tem sofrido desvalorização contínua nas últimas semanas devido à epidemia do coronavírus, a Arábia Saudita anunciou no domingo (8) que aumentaria a produção e reduziria drasticamente o preço do produto.

O preço do chegou a cerca de 31 dólares nesta segunda-feira (9) e pode chegar a 20 dólares se a Opep e a Rússia não entrarem em acordo.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.