Mais de 2 mil pessoas foram autuadas por embriaguez ao volante durante a pandemia no Rio Grande do Norte
Natal, RN 25 de jun 2024

Mais de 2 mil pessoas foram autuadas por embriaguez ao volante durante a pandemia no Rio Grande do Norte

15 de junho de 2021
Mais de 2 mil pessoas foram autuadas por embriaguez ao volante durante a pandemia no Rio Grande do Norte

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Apesar das restrições de circulação para conter a contaminação por covid-19, a Operação Lei Seca no Rio Grande do Norte autuou mais de 2 mil pessoas desde o início da pandemia. Foram 2.382 condutores penalizados por embriaguez ao volante entre 1º de março de 2020 e 31 de maio de 2021.

De acordo o coordenador da Operação no estado, capitão Isaac Paiva, nesse período o maior volume de infrações ocorreram em outubro do ano passado e em fevereiro deste ano, momentos de maior flexibilização.

“As operações ocorrem atualmente com a frequência de quatro vezes na semana, preferencialmente nos finais de semana. Porém esse planejamento é dinâmico. Algumas vezes realizamos operações todos os dias, como por exemplo em períodos com decretos mais restritivos”, detalhou o capitão, ao explicar que no caso da fiscalização das medidas de combate à covid-19, não há necessariamente blitzen em pontos fixos, com grande quantidade de veículos sendo parados; o patrulhamento é realizado com abordagens pontuais.

O levantamento desde o início da pandemia mostra ainda outras 2.411 infrações diversas e 438 remoções de veículos por irregularidades.

Dia dos Namorados

Mesmo com o fechamento dos estabelecimentos às 22h, no último final de semana, só em Natal, foram autuados mais de 100 motoristas por estarem alcoolizados. O sábado (12), Dia dos Namorados, foi de bares e restaurantes lotados, com filas de espera para entrada.

Duas blitzen foram realizadas nas zonas norte e sul da cidade, com 1.544 abordagens, nas quais 101 foram autuados por se recusarem a realizar o teste do bafômetro e outros três por terem o resultado positivo para álcool. Todos os 104 motoristas foram multados em R$ 2.934,70, além de ter o direito de dirigir suspenso por 12 meses.

As operações ainda contabilizaram outras 54 notificações por infrações diversas e quatro veículos foram removidos.

Na opinião do coordenador da Operação, a população demonstra ter reduzido os cuidados com a pandemia: “Nesse final de semana, especificamente, a quantidade atingiu esse patamar em virtude da data comemorativa e da maior flexibilização com relação a frequência em bares e consumo de bebida alcoólica. Como a população está novamente mais confiante em sair de casa e frequentar esses locais, tivemos o aumento das autuações como reflexo disso”.

Segundo Isaac Alves, as justificativas de quem é pego alcoolizado dirigindo continuam as mesmas. “Não houve grandes novidades, as alegações são sempre de que beberam apenas uma ou duas cervejas, que estavam comemorando algo, etc”.

Atropelamento em Acari

"Pensei que era uma pedra", disse condutora

Nathan Pablo, de 10 anos, morreu após ser atropelada na tarde do domingo (13) em Acari, na região Seridó. A condutora suspeita, que estava alcoolizada, foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil de Caicó. Em entrevista ao blog Jota Dantas, ela assumiu o crime e disse que estava à disposição da polícia.

“Eu bebi bastante, infelizmente, mas eu não vi. Eu vi que tinha batido em algo, mas em momento algum pensei que tinha sido em alguém. Eu pensei que tinha batido numa pedra. Quando cheguei no açude, que tomei um banho, a viatura parou o policial chegou e disse”, contou Alexsandra Oliveira, de 30 anos.

Segundo a Polícia Militar, a criança estava brincando em uma pista de ciclismo. Em determinado momento ele se sentou em uma calçada, para ajeitar a corrente da bicicleta, quando o carro teria sobrado em uma curva e o atingido. O menino estava com outros dois garotos e a mãe de um deles, que caminhava.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.