DEMOCRACIA

Rede Nordestina de Podcasts debate monetização em evento virtual

Debater as possibilidades de monetização de podcasts é o tema do primeiro evento realizado pela Rede Nordestina de Podcasts (RNP). O encontro acontecerá dia 4 de novembro, às 19h30, de forma on-line, no canal da Rede no Youtube, e contará com a participação de produtores de podcasts nordestinos. A ideia surgiu a partir da constatação de que poucos são os podcasts da região que contam com alguma forma de arrecadação de recursos financeiros para os seus programas. Atualmente, aproximadamente 130 podcasts são produzidos só na região Nordeste

Para Eliana Coelho, integrante do Elas Pesquisam Podcast e membra da Diretoria Interina da Rede, o objetivo é trazer pessoas que possam discutir estratégias desde a perspectiva jurídica, do marketing, até estratégias criativas de se fazer ser visto como podcast.

“Entendemos que a discussão sobre monetização dessa mídia perpassa questões de desigualdade regional, e que é preciso fazer a nossa voz ser ouvida dentro do mercado de influência e, por isso, achamos esse um tema de grande importância para um primeiro evento promovido pela Rede”, explica a podcaster, que prossegue:

“A nossa rede de podcasts é uma de afetos, mas também uma forma de economia compartilhada e criativa”, acrescenta Eliana.

Com duração de uma hora e meia, o evento será mediado por Aldenora Cavalcante, do Malamanhadas Podcast e será dividido em dois momentos. No primeiro, a discussão contará com a participação de Andreh Jonathas, membro da Associação Brasileira de Podcasts e produtor do SerifaCast e David Varelo, do podcast Desculpa o Atraso, e se centralizará nas formas e estratégias de captação, bem como no cenário de monetização de podcasts no Brasil.

Na segunda parte, o debate será feito com Aline Hack, do Olhares Podcast e Angresson da Silva, produtor do Fajucast e integrante da Rede Lgbt Podcasters e abordará a busca por estratégias de monetização para podcasts independentes e como alinhar os valores do podcast com ofertadas de remuneração.

Conheça a Rede Nordestina de Podcasts

As articulações para a criação da Rede Nordestina de Podcasts (RNP) tiveram início em 2020, por meio do uso da hashtag #podcastnordestino no Twitter. A ideia surgiu para potencializar a divulgação dos podcasts produzidos na região e se fortaleceu em maio de  2021, a partir da proposta de formalização de uma comunidade de apoio mútuo. Desde então, os podcasters realizam encontros mensais para diálogo e deliberações sobre a atuação da rede.

Os programas que integram o coletivo tratam de diferentes temas (da ciência ao humor; passando pela religião, educação, política e cultura pop etc.) e são realizados por pessoas de diferentes perfis: pessoas LGBTQIA+, negras, mulheres, originárias das capitais e dos interiores, entre outros recortes.

“Atualmente estamos em diálogo com mais de 130 podcasts nordestinos, de todos os estados da região, com 40 deles engajados com a construção coletiva da Rede, realizando ações voltadas para o fortalecimento conjunto e muitos outros estão chegando a cada dia“, comenta Adriana Santana, do podcast Calumbi e integrante da diretoria interina da Rede.

Para construir uma rede de podcasts tão diversa, o coletivo construiu uma carta de manifesto que pontua os principais valores defendidos que contemplam o acolhimento da diversidade e inclusão, bem como o antifascismo, a colaboração, a reciprocidade, o compromisso e a responsabilidade.

 “Acreditamos e sonhamos com um mundo com mais respeito às diferenças e queremos que esse seja um espaço seguro nesse sentido, onde as pessoas possam expressar suas individualidades e, juntes, apoiarem umas às outras”, finaliza Adriana.

Fonte: Rede Nordestina de Podcasts

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo