DEMOCRACIA

Beto Rosado inclui Kerinho, pivô do mandato tirado de Mineiro, em nominata do Progressistas

O deputado federal Beto Rosado, presidente estadual do Progressistas, montou e apresentou nominata do partido à Câmara dos Deputados. Na nominata com nove nomes, chamou a atenção a inclusão de Kéricles Alves, o “Kerinho”, ex-vereador em São José de Mipibu que ganhou notoriedade na eleição de 2018, então pelo PDT,  ao concorrer de maneira irregular e ser pivô de disputa da vaga de deputado entre Beto e o petista Fernando Mineiro.

Em 2018, após a eleição, os 8.990 votos recebidos por Kéricles não foram computados, devido a irregularidades confirmadas pela Justiça, como o fato do ex-vereador não ter se desvinculado de um cargo em comissão na prefeitura de Monte Alegre no prazo legal. Sem esses votos, pelo quociente eleitoral, a vaga de deputado ficaria com o PT, no caso com Mineiro, que teve 98.070 votos. Contudo, antes da posse dos deputados em 2019, o TRE deferiu o registro de candidatura de Kéricles, o que deu o mandato para Beto, que teve 71.092 votos.

Em janeiro de 2021, o TRE indeferiu o registro de candidatura de Kerinho, que recorreu ao TSE. Em junho de 2021 decisão do ministro Luiz Felipe Salomão acatou o recurso do deputado mossoroense e o manteve no cargo, argumentando que o registro de candidatura de Kericles foi cassado após as eleições, logo, os votos não poderiam ser anulados. Em outubro, o TSE deferiu recurso impetrado pelo próprio Kerinho e ainda excluiu Fernando Mineiro, que tentava a anulação do registro de candidatura do mipibuense, da ação.

Em 2022, Beto e Kerinho marcharão novamente na mesma nominata. Que ainda terá os nomes de Mara Costa, Major Brilhante, Jerônimo do Sertão, Karla Veruska, José Lins e Vavá.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Previous ArticleNext Article