Rogério Marinho “esquece” que Álvaro Dias é prefeito de Natal desde 2018 e critica Carlos por estagnação da capital
Natal, RN 1 de mar 2024

Rogério Marinho "esquece" que Álvaro Dias é prefeito de Natal desde 2018 e critica Carlos por estagnação da capital

4 de abril de 2022
Rogério Marinho

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O ex-ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho, em entrevista à Rádio 96FM, afirmou nesta segunda-feira, 4, que Natal parou de crescer por culpa do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), que deixou a prefeitura em abril de 2018 para concorrer ao Governo do Estado, perdendo no segundo turno para Fátima Bezerra (PT). Desde àquela época o prefeito de Natal é Álvaro Dias (PSDB), que era vice de Carlos e assumiu para Carlos tentar o Governo.

Segundo Rogério, que é pré-candidato a senador pelo PL, a capital potiguar teve o desenvolvimento afetado pela defasagem do Plano Diretor, que não estava na pauta de prioridades de Carlos. A declaração tem "cara" de campanha eleitoral já que Carlos também é pré-candidato ao Senado, portanto adversário direto de Rogério, e vem liderando as pesquisas de intenção de voto.

“Tivemos o crescimento de cidades vizinhas, como Parnamirim, São Gonçalo, Extremoz, porque ele não modernizou a legislação do Plano Diretor", argumentou Rogério. Porém, o ex-ministro não explicou como Natal, que tem uma área pequena em comparação com municípios da região Metropolitana, poderia se expandir horizontalmente. Para efeito de comparação, Natal tem área de 169,3 km², contra 249.800 km² de São Gonçalo e 510.092 km² de Macaíba, cidades que vem se expandindo.

O ex-deputado federal, que foi relator da reforma trabalhista, também criticou a gestão da orla de Natal e comparou a cidade com João Pessoa, Fortaleza e Maceió. “Veja a orla da região urbana mais importante de Natal. Há quantos anos estamos esperando uma melhoria daquela orla? É uma vergonha o legado que ex-prefeito Carlos Eduardo deixou para os natalenses", desabafou.

Contudo, a gestão da orla pertence a Álvaro Dias desde abril de 2018 e poucas ações efetivas foram tomadas para melhorar a estrutura de praias urbanas como Praia do Artistas, Praia do Meio e Ponta Negra.

O "esquecimento" de Rogério pode ter razões político-eleitorais: Álvaro já declarou apoio a voto a Rogério para o Senado e em Jair Bolsonaro (PL) para presidente.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.