DEMOCRACIA

Datafolha: Lula mantém folga de 18 pontos sobre Bolsonaro, que não cresce mesmo após liberar benesses

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta quinta-feira (28) pelo jornal “Folha de S.Paulo” revela os índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2022: Lula (PT) segue com 47% e Bolsonaro 29%. Tendo pontuado 28% na anterior, atual presidente se mantém estagnado diante da margem de erro, que é de dois pontos para mais ou para menos.

É a primeira pesquisa DataFolha realizada após a promulgação do que chamam PEC Kamikaze, de 14 de julho. Uma medida que permitiu aumentar benefícios sociais durante o período da eleição. A proposta dribla a lei criando estado de emergência e tem previsão de gastar R$ 41 bilhões para aumentar o Auxílio Brasil e o vale-gás, além de ajuda a caminhoneiros e taxistas, mas só até o final de 2022.

A pesquisa ouviu 2.556 pessoas nos dias 27 e 28 de julho em 183 cidades brasileiras.

Aos que responderam à enquete, foram apresentados como candidatos: Lula (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), André Janones (Avante), Simone Tebet (MDB), Luciano Bivar (União Brasil), Felipe D’Ávila (Novo), Eymael (DC), Pablo Marçal (Pros), General Santos Cruz (Podemos), Leonardo Péricles (UP), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU).

Pesquisa estimulada de intenções de voto no 1º turno:

Lula (PT): 47% (47% na pesquisa anterior, em junho)
Jair Bolsonaro (PL): 29% (28% na pesquisa anterior)
Ciro Gomes (PDT): 8% (8% na pesquisa anterior)
Simone Tebet (MDB): 2% (1% na pesquisa anterior)
André Janones (Avante): 1% (2% na pesquisa anterior)
Pablo Marçal (Pros): 1% (1% na pesquisa anterior)
Vera Lúcia (PSTU): 1% (1% na pesquisa anterior)
Em branco/nulo/nenhum: 6% (7% na pesquisa anterior)
Não sabe: 3% (4% na pesquisa anterior)

Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Luciano Bivar (UB) e General Santos Cruz (Podemos) não pontuaram.

Pesquisa espontânea:

Lula: 38%
Bolsonaro: 26%
Ciro: 3%
Não sabe: 25%
Em branco/nulo/nenhum: 6%

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo