PM esclarece o que é falso e verdadeiro sobre boatos divulgados em Natal
Natal, RN 25 de jun 2024

PM esclarece o que é falso e verdadeiro sobre boatos divulgados em Natal

7 de outubro de 2022
3min
PM esclarece o que é falso e verdadeiro sobre boatos divulgados em Natal

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Nesta quinta-feira (06), uma série de boatos sobre assaltos e arrastões se espalharam por meio de grupos de whatsapp em Natal (RN), gerando pânico entre a população. Por causa disso, aulas em universidades chegaram a ser canceladas e muita gente tentou voltar mais cedo pra casa.

Porém, dos 12 crimes que teriam ocorrido na capital potiguar ao longo da quinta, pelo menos 9 eram falsas ocorrências, conforme apuração feita pela Polícia Militar. Foi o caso dos supostos arrastões na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), na Universidade Potiguar (UNP), na Praia do Meio, na praça do disco em Ponta Negra e no Natal Shopping.

Também foram espalhados boatos de assaltos na rua Campos Sales e a um guarda do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), no bairro das Rocas, casos que também foram desmentidos pela Polícia Militar.

Dentre os casos confirmados, está o de um assalto seguido de morte no bairro de Lagoa Seca. Segundo a Polícia Civil, o empresário francês Jean-Pierre Roumilhac, 73, tinha saído de uma loja de temperos naturais que costumava frequentar quando foi abordado por, pelo menos, três assaltantes. Um quarto está sendo procurado. A vítima foi atingida por um tiro no tórax, seu carro chegou a ser levado, mas foi abandonado logo em seguida. o francês era dono da pousada "Oka da Mata", na praia de Pipa, no município de Tibau do Sul. Ele era casado e tinha uma filha.

A Polícia Civil investiga se há alguma relação entre o assalto, a onda de boatos e supostas mensagens de áudio que teriam sido gravadas por membros de facções criminosas nas quais se fala em uma "liberação para assaltos".

A onda de boatos parece inaugurar uma nova etapa das fake news ou notícias falsas, que não se restringem mais apenas a questões políticas, mas manipulando o medo da população em setores sensíveis, como o da segurança pública.

O que é falso e verdadeiro sobre boatos divulgados em Natal nesta quinta (06), segundo levantamento realizado pela Polícia Militar:

Latrocínio em Lagoa Seca - Confirmado

Assalto a Ônibus - Confirmado

Arrastão na UNP - Falso

Homicídio em Parnamirim - Falso

Arrastão na Rua Campos Sales - Falso

Arrastão no Natal Shopping - Falso

Assalto a um guarda do IFRN das Rocas - Falso

Arrastão nas barracas da Praia do Meio - Foi uma perseguição a suspeito

Arrastão nas paradas e arredores da UFRN - Falso

Arrastão e Carro pegando fogo nas Rocas - Falso

Homicídio em Felipe Camarão- Confirmado

Arrastão na praça do disco em Ponta Negra - Falso

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.