A poesia que insurge do afeto: Insurgências Poéticas celebra sete anos com sarau no Mahalia
Natal, RN 1 de mar 2024

A poesia que insurge do afeto: Insurgências Poéticas celebra sete anos com sarau no Mahalia

7 de dezembro de 2022
3min
A poesia que insurge do afeto: Insurgências Poéticas celebra sete anos com sarau no Mahalia

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Criado em 2016 pelos artistas Amanda Duarte, Letícia Torres, Marina Rabelo, Michelle Ferret e Thiago Medeiros, o Projeto Insurgências Poéticas está completando sete anos de [r]existência. Para celebrar a data, o coletivo vai realizar um sarau com convidados, lançamento de livros, além de música com o duo jazz e blues Bruno de Lira e Renato Carvalho. Será neste sábado (10), às 19h30, no Mahalila Café.

O projeto já realizou mais de 200 edições em teatros, bares, espaços alternativos, feiras literárias e festivais pelo RN e fora do estado, tornando-se também coletivo artístico com o Espetáculo Mar Íntimo, em homenagem a Zila Mamede, e selo editorial com 10 títulos publicados em livros e zines. Para Thiago Medeiros, um dos idealizadores do Insurgências Poéticas, uma trajetória marcada por resistência e afeto.

Nesses dias tão difíceis, nós estamos propondo um encontro afetivo, um espaço de respiro para celebrar o afeto que nos liga. E poesia é isso: é um ato político, mas é, também, celebração”, disse ele à Agência SAIBA MAIS. 

Completam a formação atual do Insurgências Poéticas os artistas Felipe Nunes, Marina Rabelo, Michelle Ferret, Raquel Lucena e Rozeane Oliveira.

Além do tradicional sarau, a noite no Mahalila promete muita música, arte e cultura. A edição vai contar com a poesia dos anfitriões Marina Rabelo, Michelle Ferret e Thiago Medeiros e os convidados Ada Lima, Gessyka Santos, Lucas Der Leyweer e Renata Mar. O grupo vai realizar, ainda, um lançamento coletivo de livros embalado pelo som instrumental do duo Bruno de Lira e Renato Carvalho, que apresenta o melhor do jazz e do blues.

Thiago Medeiros, um dos idealizadores do projeto. | Foto: Cedida

O Insurgências surgiu como um encontro de trajetórias, para que a gente pudesse conhecer a produção de cada um na poesia. Mas não ficou só nisso. Logo veio a música, o cinema, as artes plásticas, tendo sempre a palavra como mote principal”, relembra o insurgente, que começou o projeto há sete anos com apoio de Nalva Melo, no seu tradicional espaço na Ribeira.

Sobre o cenário literário potiguar, apesar dos desafios e da falta de apoio, Thiago prefere falar em valorização.

E aí é mais do que a valorização do trabalho do artista; é sobre valorar, num sentindo mais amplo, o que a gente está fazendo. E, em relação à produção, eu acredito que a gente não fica devendo a parte nenhuma do país”, destaca, acrescentando que, para isso, é importante que toda a sociedade, instituições e pessoas, se tornem parceiras.

Serviço:
Sarau Insurgências Poéticas Celebração
Quando? sábado (10)
Onde? Mahalila Café (R. Dra. Nívea Madruga, 19 – Potilândia)
Quanto? Couvert R$ 10,00

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.