Correios terão centro de distribuição internacional na Grande Natal
Natal, RN 20 de jun 2024

Correios terão centro de distribuição internacional na Grande Natal

20 de junho de 2023
4min
Correios terão centro de distribuição internacional na Grande Natal

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Os Correios anunciaram nesta segunda-feira (19) a construção de um hub internacional na Grande Natal. O local escolhido foi o Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante.

Este será o primeiro centro de distribuição internacional da estatal no Nordeste. O empreendimento se juntará a outros três já existentes no Brasil: em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. 

A região metropolitana foi escolhida a partir de estudos técnicos. Segundo a estatal, o Nordeste hoje recebe cerca de 23% das encomendas internacionais que os Correios entregam no país.

“Ao levarmos o centro para o Nordeste estamos gerando milhares de empregos na região. Não estamos levando apenas infraestrutura, mas consolidando a vocação local de se tornar um polo logístico, o que desperta o interesse de outras empresas também”, disse o presidente da estatal, Fabiano Silva dos Santos.

O projeto foi idealizado na época do governo da presidenta Dilma Rousseff, mas havia sido abandonado após o golpe que a retirou do poder. A pauta foi retomada pela governadora Fátima Bezerra. Agora, sob uma nova perspectiva política, o Estado tem a oportunidade de abrigar a estrutura que deve contribuir para a descentralização das operações postais no país.

“Estamos há anos nessa articulação e, agora, com a sensibilidade de um governo que cuida das pessoas e do patrimônio público, enfim chega essa excelente notícia”, comemorou Fátima.

Nos últimos seis meses, o assunto foi pauta de audiências da governadora em Brasília. Depois de apresentado diretamente ao presidente Luís Inácio Lula da Silva, o projeto foi tema de discussão com o ministério das Comunicações e com o presidente dos Correios, Fabiano Silva dos Santos. Em maio, resultado de estudos feitos pela empresa, os Correios já apontava a viabilidade técnica da instalação do Hub no Nordeste, com sede no estado do Rio Grande do Norte.

O anúncio faz parte de um pacote de investimentos avaliados em R$ 350 milhões para construção e modernização de unidades. A iniciativa marca a retomada dos investimentos da estatal em infraestrutura e é um dos projetos estratégicos prioritários anunciados pela diretoria executiva da empresa em maio deste ano.

De acordo com Santos, a medida faz parte também do fortalecimento das empresas brasileiras, uma promessa de campanha da gestão de Lula (PT).

“Estamos cumprindo o compromisso que assumimos com as empregadas, os empregados e clientes dos Correios logo no início da gestão, de retomar os investimentos para garantir a qualidade no ambiente de trabalho e a excelência na prestação de serviços. Essa foi a missão que o presidente Luís Inácio Lula da Silva nos confiou: fortalecer os Correios”, afirmou o presidente da estatal.

Além da injeção de recursos nas economias regionais e locais, os projetos de construção e modernização de unidades operacionais dos Correios irão gerar empregos diretos e indiretos.

O projeto prevê a instalação do Hub dos Correios na área de expansão do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante. A recente relicitação do aeroporto, vencida pelo grupo suíço Zurich Airport International, abre possibilidades para que a nova concessionária invista nos recursos necessários para o desenvolvimento do Hub.

Outros projetos

Em Brasília/DF, os Correios irão construir um complexo operacional para abrigar as operações de tratamento, além de um centro de logística integrada. O investimento no complexo é estimado em cerca de R$ 190 milhões, entre obras e equipamentos.

Com mais de 40 mil m2 de área construída, o prédio irá receber uma máquina de triagem de encomendas com capacidade para tratar 300 mil objetos por dia, o que representa um aumento de 700% em relação ao tratamento manual realizado atualmente. Além da unidade na capital federal, a estatal também está com processos em andamento para as obras dos centros operacionais de Londrina/PR e de São Luís/MA.

Também já foram licitadas as obras para reforma, ainda neste ano, de mais de 400 agências dos Correios em diversos Estados brasileiros. O planejamento da estatal prevê que todas as mais de 6 mil agências da rede própria sejam reformadas nos próximos três anos.

A agência SAIBA MAIS procurou os Correios no Rio Grande do Norte para saber o valor exato do investimento do hub potiguar. A empresa informou apenas que mais detalhes sobre o centro internacional e sobre as agências que serão reformadas em 2023 serão divulgados nos próximos dias.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.