Ex-desafetos, Fábio Dantas é contratado para gabinete de Robinson Faria sob remuneração de quase R$ 15 mil
Natal, RN 20 de jul 2024

Ex-desafetos, Fábio Dantas é contratado para gabinete de Robinson Faria sob remuneração de quase R$ 15 mil

30 de junho de 2023
3min
Ex-desafetos, Fábio Dantas é contratado para gabinete de Robinson Faria sob remuneração de quase R$ 15 mil

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Antigos desafetos políticos, o ex-vice-governador Fábio Dantas (Solidariedade) voltou novamente a ser subordinado a Robinson Faria (PL). Neste mês, Dantas foi contratado para um cargo comissionado no gabinete de Faria na Câmara dos Deputados. O rendimento ultrapassa R$ 14,7 mil.

Os dois estiveram juntos como governador e vice do RN, tendo sido eleitos em 2014, mas romperam em 2018 e voltaram a se aliar nas eleições do ano passado. Fábio Dantas aparece na folha da Câmara desde 1 de junho num cargo intitulado de “natureza especial”. 

Ao todo, a remuneração para este mês chega a R$ 14.744,74. Há ainda descontos obrigatórios, como de contribuição previdenciária (R$ 876,95) e imposto de renda (R$ 2.928,68), que deixa a remuneração final em R$ 10.939,11.

A aliança entre os dois começou originalmente em 2014, quando Robinson se lançou a governador contra Rosalba Ciarlini. Para isso, teve Fábio como candidato a vice. A chapa foi eleita no segundo turno, após derrotar Henrique Eduardo Alves (MDB), mas rompeu em 2018. 

Naquele período, Fábio Dantas desfez a aliança no último ano de gestão. Até o ano passado, tecia críticas a Robinson e buscava justificar a decisão de rompimento político.

Em julho de 2022, por exemplo, disse em entrevista a uma rádio que “vice não manda em canto nenhum e eu não concordava com os rumos do governo Robinson”. Declarações parecidas, em que buscava se eximir da alta rejeição acumulada pela gestão estadual que fez parte, também foram dadas em outras entrevistas. 

Ainda em 2018, pós rompimento, Fábio Dantas teve o nome lançado como pré-candidato ao Governo, mas sua candidatura não conseguiu ser viabilizada. Naquele pleito, elegeu como deputada estadual a esposa Cristiane Dantas, que teve 38.955 votos, ficando em 12º lugar. O mais votado foi Ricardo Motta, com 80.249.

Fábio não disputou cargos em 2018, mas conseguiu reeleger Cristiane, com menos votos que na eleição anterior: 33.860 votos, embora tenha sido a décima mais votada. O campeão de votos foi Ezequiel Ferreira de Souza com 58.221 votos.

A reaproximação da dupla começou em 2022, quando Fábio Dantas concorreu a governador na chapa local que apoiava o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), enquanto Robinson foi candidato a deputado federal também pelo PL de Bolsonaro.

Dantas tem apenas três candidaturas no currículo: se elegeu como deputado estadual em 2010 e vice-governador em 2014. Com a postulação à governador naufragada em 2018, deu um hiato e só voltou a concorrer no ano passado, mas teve 22,22% dos votos e perdeu a disputa para Fátima Bezerra (PT) ainda no primeiro turno. 

Saiba mais

Robinson e Fábio Dantas deixam críticas de lado e se unem novamente para eleição

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.