RN chega a mais de 70 internos do sistema prisional fazendo graduação
Natal, RN 16 de jul 2024

RN chega a mais de 70 internos do sistema prisional fazendo graduação

8 de novembro de 2023
3min
RN chega a mais de 70 internos do sistema prisional fazendo graduação
Foto: divulgação/Seap

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Por meio de uma parceria com o IFRN, 24 pessoas privadas de liberdade do Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte iniciaram o curso superior de Tecnologia em Gestão Ambiental ou Tecnologia em Gestão Pública nesta semana.

Com isso, o estado tem agora 72 homens e mulheres fazendo algum curso de graduação. Além da nova turma, outros 48 detentos já estavam no ensino superior.

As aulas acontecem na modalidade de Educação a Distância. A graduação vem por meio de um Acordo de Cooperação firmado entre o IFRN e a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP).

As novas vagas foram distribuídas entre os privados de liberdade custodiados nas unidades do Complexo Penal Doutor João Chaves (Feminino); Complexo Penal Regional de Pau dos Ferros; Complexo Penal Estadual Agrícola Doutor Mário Negócio (Masculino e Feminino); Penitenciária Estadual do Seridó; Cadeia Pública de Caraúbas e Centro de Detenção Provisória de Apodi. 

Os cursos são ofertados em colaboração com a Universidade Aberta do Brasil (UAB), programa do Ministério da Educação (MEC) que promove cursos à distância em parceria com instituições públicas de ensino. A duração é de seis semestres, com carga horária de 2.294 horas.

Os internos que iniciaram os cursos participaram de processo seletivo utilizando as notas obtidas nas edições 2021, 2022 ou 2023 do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

O secretário da Administração Penitenciária, Helton Edi, destacou o trabalho de ressocialização no sistema. 

“O Estado tem oferecido condições para os privados de liberdade que estão interessados em ressocializar", ressaltou.

A aula inaugural foi feita na última sexta-feira (3) e contou com a participação do secretário da SEAP, Helton Edi; do reitor do IFRN, José Arnóbio; da juíza titular da Vara de Execuções Penais da Comarca de Mossoró, Cinthia Cibele; do juiz auxiliar da vice-presidência do Tribunal de Justiça (TJ), Bruno Montenegro, além de professores e policiais penais. Nesta segunda (6), a classe começou a funcionar pra valer.

Desde 2017, o IFRN, através do Campus Avançado Natal – Zona Leste, tem se destacado na oferta de educação superior a distância em espaços de privação de liberdade no Rio Grande do Norte. 

Nos últimos anos, o Núcleo de Pesquisa em Educação Prisional (NUPESEP/IFRN) tem se dedicado às cooperações com a SEAP. O objetivo é desenvolver iniciativas que contribuam com o ensino, pesquisa e extensão nos presídios estaduais.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.