Homem suspeito de ajudar fugitivos de Mossoró é preso
Natal, RN 22 de abr 2024

Homem suspeito de ajudar fugitivos de Mossoró é preso

22 de fevereiro de 2024
3min
Homem suspeito de ajudar fugitivos de Mossoró é preso
Foragidos da Penitenciária Federal de Mossoró

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Polícia Federal prendeu, nesta quarta (21), um homem suspeito de ter ajudado os dois fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró, segundo apuração do jornal Folha de São Paulo. Uma das vertentes da investigação analisa se os dois detentos, que têm ligação com o Comando Vermelho, teriam recebido ajuda de fora do presídio. As buscas, que inicialmente estavam sendo feitas em um perímetro de 15 km em torno do presídio, foram ampliadas e chegaram até à cidade de Baraúna, perto de Mossoró, na quarta.

Saiba +

Força Nacional vem a Mossoró para reforçar busca dos fugitivos

Fugitivos da Penitenciária de Mossoró entram para lista da Interpol
Interventor assume presídio federal de Mossoró após fuga

RN usa helicópteros em busca por fugitivos da penitenciária de Mossoró

Inédito: dois detentos fogem de Penitenciária Federal em Mossoró

De acordo com o que foi divulgado até o momento, a suspeita é que os dois fugitivos tenham tido acesso a materiais usados em uma obra de reforma da unidade, que é de responsabilidade da empresa R7 Facilities.

O Ministério da Justiça informou, por meio de nota, que vai solicitar uma investigação dos órgãos competentes sobre a lisura da empresa, que além de administrar a unidade de Mossoró, também tem contrato para administrar a Penitenciária Federal de Brasília.

Segundo o portal Metrópoles, o Portal da Transparência aponta que a empresa venceu um pregão eletrônico e foi contratada pelo então ministro Anderson Torres em abril de 2022, ainda durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro, por R$ 1,7 milhão. Em 2023, o contrato foi renovado por mais um ano, já na gestão de Flávio Dino, se vencendo em abril.

As buscas pelos fugitivos da unidade federal de Mossoró chegaram ao 9º dia nesta quinta (22). A cidade é uma das cinco no Brasil a sediar presídios federais. Rogério da Silva Mendonça (conhecido como Tatu) e Deibson Cabral Nascimento (o Deisinho) fugiram da penitenciária no dia 14, na madrugada de uma quarta-feira de Cinzas.

Novas medidas

Por causa da fuga dos dois homens, a 1ª no Sistema Penitenciário Federal, o Ministério da Justiça e Segurança Pública determinou uma série de medidas para intensificar as rotinas de segurança nas cinco penitenciárias federais do país. Entre elas, está as vistorias in loco e mapeamento de espaços verticais destinados a dutos, tubulações, sistemas de ventilação e elétrico.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.