Tese liderada pelo ex-deputado Sandro Pimentel vence maioria dos congressos municipais do PSOL no RN
Natal, RN 30 de mai 2024

Tese liderada pelo ex-deputado Sandro Pimentel vence maioria dos congressos municipais do PSOL no RN

2 de setembro de 2021
Tese liderada pelo ex-deputado Sandro Pimentel vence maioria dos congressos municipais do PSOL no RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

 O tese defendida pelo Movimento Esquerda Socialista (MES), corrente liderada no Rio Grande do Norte pelo ex-deputado estadual Sandro Pimentel, obteve maioria dos votos nos congressos municipais do PSOL realizados no Estado.

O processo foi encerrado domingo (29) em mais de 40 municípios e a tese vencedora obteve 1.298 votos, o equivalente a 79,58%. Além de Pimentel, assinam o documento Danniel Morais, Camila Barbosa, Tati Ribeiro e outros dirigentes e filiados da sigla. Ao todo, cinco teses concorreram.

- Minha tese traz como um diferencial a construção partidária que tem sido muito eficiente em nosso Estado, com a valorização dos movimentos sociais que impulsionamos, a exemplo da rede de cursinhos populares EMANCIPA, o Juntos, movimento nacional estudantil e o MNT, Movimento Nossa Terra”, declarou Sandro Pimentel.

Quatro das cinco teses que participaram do processo defendem a candidatura do deputado federal Glauber Braga (PSOL/RJ) à presidência da República em 2022. A tese vencedora defende candidatura própria do PSOL em todas as instâncias, inclusive nas eleições para o Governo do Rio Grande do Norte do próximo ano.

Em segundo lugar ficou a tese 3, com 191 votos, que agrega representantes das correntes NP, GAS e Avança. A Comuna obteve 53 votos, a Primavera Socialista conquistou o apoio de 46 pessoas e a tese da LSR foi votada por 30 filiados.

Os congressos municipais definem a política que o PSOL levará adiante nos próximos anos no âmbito das prefeituras, além de eleger as direções municipais. Ao todo, foram eleitos 100 delegados e delegadas municipais que comporão o congresso estadual, marcado para 11 de setembro. A etapa nacional deve acontecer no final do mês, quando o partido vai afinar as decisões sobre as eleições gerais de 2022.

Há uma ala do PSOL disposta a apoiar Glauber Braga para presidente, mas há um movimento na sigla que defende uma composição com o PT já no 1º turno em apoio a uma eventual candidatura do ex-presidente Lula à sucessão de Jair Bolsonaro.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.