Styvenson acusa prefeito de Mossoró de não prestar contas; Allyson Bezerra apresenta documentos e chama senador de mentiroso
Natal, RN 23 de jun 2024

Styvenson acusa prefeito de Mossoró de não prestar contas; Allyson Bezerra apresenta documentos e chama senador de mentiroso

22 de agosto de 2022
2min
Styvenson acusa prefeito de Mossoró de não prestar contas; Allyson Bezerra apresenta documentos e chama senador de mentiroso

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Em entrevista a um podcast, o senador e candidato ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Styvenson Valentim (Podemos), acusou o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra (Solidariedade), de não prestar contas de R$ 4 milhões enviados à cidade através de emenda parlamentar para realização de cirurgias eletivas. Já na manhã desta segunda (22), ao tomar conhecimento da acusação, o prefeito de Mossoró chamou o senador de mentiroso e publicou em suas redes sociais fotos de documentos que comprovariam o uso do dinheiro e que teriam sido enviados ao gabinete do parlamentar desde o mês de abril.

Mandei quase R$ 4 milhões de cirurgia, o cara disse que ia mandar a lista de relação de pessoas que vão fazer exame e nunca mandou! Fica posando disso e daquilo.... mande a relação, publique pras pessoas verem quem são essas pessoas que vão fazer cirurgia, porque eu nunca vi isso aí. Agora, o dinheiro tá lá, o dinheiro foi pago, foi mandado de emenda individual”, insinua o senador, que continua:

Mas, dor de barriga num só dá uma vez não viu, irmão. Eu ainda tenho quatro anos. Sem prestar contas do dinheiro que mandei, não perca seu tempo em ir lá em Brasília não, prefeito. Passe pra outro gabinete”.

Styvenson acusa Allyson de não prestar contas I Imagem: reprodução

Em resposta, Allyson diz que além de mentiroso, o senador era arrogante e mal informado, já que as informações sobre as cirurgias haviam sido enviadas desde abril através do Ministério Público do RN.

A transmissão na qual Styvenson insinua que houve desvio de recursos por parte de Allyson Bezerra foi realizada há três meses e tem mais de duas horas de duração, mas neste final de semana, um recorte de 58 segundos com a acusação foi replicado na internet.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.