Agente do IBGE alvo de fake news é revistado por polícia em Natal
Natal, RN 20 de mai 2024

Agente do IBGE alvo de fake news é revistado por polícia em Natal

6 de janeiro de 2024
4min
Agente do IBGE alvo de fake news é revistado por polícia em Natal
Foto: divulgação/IBGE

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Além da habitual dificuldade em ser atendido em algumas visitas, o agente de pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) José Nilton Rodrigues Pereira, de 29 anos, enfrenta agora mais um obstáculo no trabalho: as consequências de uma fake news. Na última semana de dezembro, uma foto dele foi repassada em grupos de Whatsapp em Natal, afirmando se tratar de criminoso que tentava invadir condomínios se passando por funcionário do IBGE.

Por causa do boato, um condomínio chegou a acionar a Polícia Militar, que o revistou. “Eu me senti mal. Eu, fazendo meu trabalho, e as pessoas maldando. Foi tudo um mal-entendido, mas o dano está feito, a notícia se espalhou muito rápido e o perigo tá aí.”, lamenta o agente, que registrou um boletim de ocorrência (BO) e aguarda desdobramentos.

A coleta do censo demográfico terminou em 2023, mas os entrevistadores do instituto continuam trabalhando em outras pesquisas, como a Pnad contínua - que reúne indicadores sobre o mercado de trabalho e envolve cerca de dois mil agentes em visitas domiciliares trimestrais em todo o país.

Nilton conta com detalhes as idas ao Edifício Professora Noilde Ramalho, no bairro de Petrópolis, onde foram feitas as imagens espalhadas nos grupos. Na primeira vez, levou carta a morador informando sobre visita com data. Nos dias 18 e 20 de dezembro voltou para a pesquisa e foi informado pelo porteiro que o morador estava ausente, o que o levou a retornar no sábado seguinte, 23. Por 30 minutos aguardou outro porteiro fazer o contato com o apartamento. Ao ser solicitada identificação, o agente apontou o crachá para a câmera de segurança e depois foi informado que o domicílio a ser visitado estava vago, sem morador.

“Eu cheguei a questionar, pois a resposta não condizia com a informação dada pelo porteiro das datas anteriores. Mas agradeci, me retirei e continuei a rota. Fui a outro condomínio para realizar outras entrevistas e fui abordado pela Polícia Militar, sendo questionado e revistado”, continua a narrar, lembrando que depois disso soube por meio do supervisor da Pnad, Carlos Alberto Pinheiro Fonte, da fake News

“Soube que as imagens do circuito interno do condomínio Noilde Ramalho contendo minha imagem tinham sido espalhados em grupos do WhatsApp sob a acusação de ser um criminoso e tentar entrar no condomínio. Eu nunca ‘tentei entrar’, eu pedi pra o porteiro entrar em contato com o morador e até tentei falar com o síndico mas não consegui contato”, conta Nilton, que recebeu apoio da Superintendência Estadual do IBGE no RN, que desmentiu a informação.

O superintendente estadual do IBGE, Rogério Campelo ressaltou que o trabalho da coleta de dados é baseado na confiança entre a Instituição, representada por seus agentes de pesquisa, e o informante e que as mentiras disseminadas interferem no resultado.

"A divulgação de fake news atrapalha muito essa relação, porque as pessoas passam a não receber o pesquisador, e em uma Pesquisa como a Pnad continua, uma recusa tem um peso muito grande nos resultados. O IBGE deu apoio total ao entrevistador, encaminhamos um release aos nossos parceiros da imprensa e vamos reforçar com os condomínios a importância de receber o agente de pesquisa e quais os canais que devem ser utilizados para confirmar a identidade do servidor, como o 0800 721 8181 e o site https://respondendo.ibge.gov.br/entrevistador.html onde a pessoa pode consultar através da Matricula ou CPF".

No material divulgado pelo órgão, a superintendente estadual em exercício Iara Brena da Ponte Feijão, alertou que a instituição realiza constantemente ações de aproximação com condomínios, por meio dos seus síndicos e administradores, objetivando sensibilizar a população para que receba o agente de pesquisa e mapeamento (APM) e explicando sobre dispositivos de segurança contra fraudes.

O IBGE é o órgão oficial de pesquisas do país. Ele é responsável por pesquisas que permitem caracterizar a situação da população brasileira e que revelam dados sobre emprego/ desemprego, renda, escolaridade, inflação entre outros dados que guiam toda a política pública do país.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.