Reportagem da Agência SAIBA MAIS vira questão em prova de concurso
Natal, RN 22 de fev 2024

Reportagem da Agência SAIBA MAIS vira questão em prova de concurso

5 de fevereiro de 2024
4min
Reportagem da Agência SAIBA MAIS vira questão em prova de concurso

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Uma reportagem produzida pela Agência SAIBA MAIS e publicada em novembro do ano passado por meio do projeto Saiba Mais de Perto virou uma questão na prova do concurso público unificado para a Prefeitura de Carnaúba dos Dantas e as Câmaras Municipais de Caicó, Carnaúba dos Dantas, Currais Novos e Equador.

O certame aconteceu neste domingo (4), sob realização da Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Norte (FUNCERN). O texto que embasou 10 questões de Língua Portuguesa foi a reportagem “Seridó: Aos 93 anos, Maria Albino faz doces para acolher pessoas”, da repórter Anna Jailma, publicada em 16 de novembro.

Foi a primeira matéria da jornalista caicoense para o projeto Saiba Mais de Perto, que é financiado com recursos do programa Acelerando Negócios Digitais, do ICFJ/Meta e apoio da Associação de Jornalismo Digital (Ajor). A iniciativa busca combater os “desertos de notícias” no Rio Grande do Norte, expressão utilizada para definir lugares que enfrentam uma dupla ausência: a falta de veículos de comunicação e de jornalistas, mas também a ausência de cobertura local de jornalismo. Anna Jailma é a correspondente no Seridó potiguar.

Na reportagem que agora virou questão de concurso, Anna contou a história de Maria de Lourdes dos Santos, conhecida como “Maria Albino”, definida como “uma alegre doceira que nunca vendeu doces”.

A idosa de 93 anos, moradora de Timbaúba dos Batistas, desde a adolescência utiliza o doce como uma forma de acolher pessoas e, atualmente, de trazer para si as melhores lembranças da sua juventude.

Maria Albino e Anna Jailma durante produção da reportagem | Foto: cedida

As 10 questões de múltipla escolha abordam diferentes trechos do texto da reportagem e buscam avaliar o conhecimento na Língua Portuguesa. A primeira questão, pergunta qual é o objetivo principal do texto: que é "mostrar a relação entre fazer doce e afetividade, aponta o gabarito oficial preliminar".

Ainda de acordo com o texto, para começar a fazer doces, a motivação inicial de Maria foi a contemplação dos cajueiros.

“A menina Maria parava no tempo, debaixo do cajueiro. Ela apanhava as frutas e em casa fazia doces, que logo fizeram sucesso entre as pessoas que visitavam sua casa todas as noites, para conversar na calçada. Era comum que, apesar de não ter energia elétrica, as pessoas visitassem os vizinhos para uma prosa, com a luz de lamparina e do céu estrelado”, conta Anna Jailma na matéria.

Já na terceira questão, o gabarito oficial preliminar ainda conclui que cozinhar, “além de ser um ato de amor, é um importante gesto de doação”. 

Segundo Anna, ela ficou sabendo da presença de sua matéria no concurso por meio de um amigo que prestou o exame, e em seguida enviou uma mensagem para ela parabenizando-a.

“Fiquei muito surpresa, realmente não esperava. Fico feliz em saber que uma matéria que fala da nossa culinária e da afetividade que envolve a cozinha do Seridó, teve este destaque", diz a repórter.

Confira as 10 questões sobre a doceira de Timbaúba dos Batistas:

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.