RN aumenta proporção de estudantes em tempo integral, que são minoria
Natal, RN 21 de mai 2024

RN aumenta proporção de estudantes em tempo integral, que são minoria

28 de março de 2024
3min
RN aumenta proporção de estudantes em tempo integral, que são minoria
Escola Municipal Professora Ivonete Maciel I Foto: cedida

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A proporção de estudantes matriculados na modalidade de tempo integral na rede pública de ensino fundamental no Rio Grande do Norte aumentou entre 2022 e 2023, passando de 7,3% para 11,2%, segundo os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 

Porém, a alta não foi suficiente sequer para alcançar a média brasileira, que foi de 14,4% de alunos matriculados em tempo integral na rede pública de ensino fundamental em 2022, subindo para 17,5% em 2023.

Saiba +

Natal terá 9 escolas e 7 CMEIs com parte das vagas em tempo integral

No Rio Grande do Norte, o Inep registrou até esta quinta (28) um total de 6.133 matrículas no sistema de tempo integral nas escolas estaduais e municipais da rede pública. Nessa modalidade de ensino, o aluno permanece pelo menos sete horas na escola.

As vagas no modelo de tempo integral fazem parte de uma pactuação entre estados, municípios e governo federal através do Programa Escola em Tempo Integral, lançado em setembro de 2023 pelo governo Lula. A meta do Ministério da Educação (MEC) é alcançar 3,2 milhões de matrículas no país até 2026, para isso, o programa prevê assistência técnica e financeira para a abertura das vagas.

Matrículas no RN:

Tempo Integral

Anos iniciais: 1.953

Anos finais: 4.180

Tempo Parcial

Anos Iniciais: 22.839

Anos finais: 42.006

Matrículas no Ensino Fundamental em 2022 I Fonte: Inep
Matrículas no Ensino Fundamental em 2023 I Fonte: Inep

Educação Infantil

Um dos grandes gargalos dos municípios, até mesmo na modalidade de tempo parcial, é o baixo número de vagas na Educação Infantil (creche+pré-escola).

O problema afeta diretamente a rotina das famílias, principalmente mães, mais pobres, que não têm condições financeiras para pagar uma escola privada e não encontra vaga na rede pública para deixar as crianças e integrar do mercado de trabalho.

Em Natal, por exemplo, há 6.624 crianças matriculadas nas creches do município, sendo apenas 151 em tempo integral. Já na pré-escola são 9.458 matrículas, mas nenhuma em tempo integral.

Ao todo, a capital conta com 55.084 estudantes matriculados em todas as etapas de ensino, distribuídos entre 72 Escolas de Ensino Fundamental e 74 Centros Municipais de Educação Infantil, segundo a Secretaria Municipal de Educação.

Matrículas em Natal:

Creche

Integral: 151

Parcial: 6.624

Pré-escola

Integral: 0

Parcial: 9.458

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.