RN confirma primeira morte por dengue no estado em 2024
Natal, RN 26 de mai 2024

RN confirma primeira morte por dengue no estado em 2024

19 de abril de 2024
3min
RN confirma primeira morte por dengue no estado em 2024
A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypt | Foto: shutterstock

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) confirmou a primeira morte por dengue no estado neste ano. A vítima, uma mulher que morava no município de Itaú, no Alto Oeste Potiguar, faleceu no dia 21 de março por, de acordo com o laudo médico, “Dengue Hemorrágica e distúrbio hidroeletrolítico".

Esse distúrbio ocorre quando se perde grandes quantidades de líquidos e eletrólitos. A informação foi confirmada pela família da vítima à imprensa local.

O Rio Grande do Norte enfrenta atualmente uma grande onda de casos de dengue e arboviroses. Só em 2024, o estado superou o número de casos notificados para dengue do que todo o ano de 2023. De acordo com último boletim, divulgado na terça-feira (16), o RN teve 15183 casos notificados de dengue em 2024. Ao longo de todos os 12 meses de 2023, a Sesap registrou 12.048 ocorrências. No ano passado ocorreram três mortes por dengue, ao longo de todo o ano.

foto: Sesap

De casos confirmados, o estado já contabiliza 2.281 casos, já os descartados somam 2.848 casos. Saiba+ | Casos notificados de dengue no RN em 2024, já são maiores que todo o ano de 2023

Brasil já registrou 1.544 mortes por dengue em 2024

Dados do Ministério da Saúde mostram - no Painel de Monitoramento de Arboviroses - que o Brasil registrou 1.544 mortes confirmadas por dengue em 2024. A informação está atualizada até 18 de abril, e pelo monitoramento o RN ocupa o segundo menor número de mortes confirmadas em todo país, com o caso confirmado. Apenas dois Estados brasileiros ainda não resgistraram mortes: Acre e Roraima. A lista com maiores números de casos é puxada por São Paulo (320), Distrito Federal (270) e Minas Gerais (261).

Ampliação da vacinação 

O Ministério da Saúde emitiu um orientação para que a faixa etária do público-alvo da vacina contra dengue seja estendida para 6 a 16 anos. A orientação entrou em vigor nesta quinta-feira (18) e assim, os 29 municípios potiguares, que possuem imunizantes disponíveis, já podem ampliar o seu público-alvo.

Essa é uma estratégia temporária e, apenas, para as vacinas que possuem prazo de validade até 30 de abril. Para evitar a perda de doses, a ampliação da faixa etária poderá ser até o limite especificado na bula da vacina, que é dos 4 aos 59 anos 11 meses e 29 dias de idade, somente nos casos de necessidade. 

As cidades que já possuem vacinas disponíveis são Apodi, Areia Branca, Baraúna, Campo Grande, Caraúbas, Extremoz, Felipe Guerra, Governador Dix-Sept Rosado, Grossos, Janduís, Macaíba, Messias Targino, Mossoró Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Serra do Mel, Tibau e Upanema. Se juntam nesta lista mais dez municípios, são eles: Caicó, Pau dos Ferros, Ceará-Mirim, Santa Cruz, João Câmara, Touros, São Paulo do Potengi, Pendências, Luís Gomes e Jucurutu. 

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.