Alzira Soriano na Globo: A Primeira Prefeita do Brasil Interpretada Pela Atriz Potiguar Titina Medeiros
Natal, RN 13 de abr 2024

Alzira Soriano na Globo: A Primeira Prefeita do Brasil Interpretada Pela Atriz Potiguar Titina Medeiros

18 de setembro de 2023
4min
Alzira Soriano na Globo: A Primeira Prefeita do Brasil Interpretada Pela Atriz Potiguar Titina Medeiros

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

No quesito participação das mulheres na política, o Rio Grande do Norte é vanguarda para toda a América Latina, pois foi aqui, na cidade de Lajes, onde a primeira prefeita do continente foi eleita. Alzira Soriano tomou posse no dia 1º de janeiro de 1929, demonstrando a ousadia e coragem de uma potiguar, que concorreu e venceu com 60% dos votos, em uma época em que as mulheres sequer podiam votar.

Em memória e homenagem a essa mulher pioneira, todos os anos, a cidade de Lajes realiza a Semana Alzira Soriano. Em abril do ano passado, a celebração ganhou uma criativa programação cultural, com a participação de escolas da zona rural, shows musicais, apresentações de teatro, exposições históricas e sarau poético, em uma linda festa prestigiada com a presença da maior liderança política do Rio Grande do Norte atualmente: a Professora Fátima Bezerra, única mulher eleita Governadora em todo o Brasil, para o mandato de 2018-2022.

Foto reprodução do instagram @titinamedeiros: Titina Medeiros caracterizada como Alzira Soriano

Esse quadro demonstra que 95 anos após a eleição da prefeita Alzira Soriano, ainda vivemos em um contexto político dominado por homens, exigindo de nós, mulheres, coragem para enfrentar o preconceito e a discriminação que criam barreiras invisíveis, as quais só poderemos transpor com o apoio coletivo a lideranças feministas e populares.

Fico feliz em saber que Alzira Soriano foi retratada na novela "Amor Perfeito" da Rede Globo, com a interpretação da talentosa atriz potiguar Titina Medeiros, em capítulo exibido na última terça-feira (12). Essa representação na televisão é uma oportunidade incrível de trazer a história inspiradora da nossa conterrânea para um público mais amplo e de destacar suas contribuições para a política brasileira. Alzira é uma personagem real, que ajuda a compor um belíssimo enredo, onde é convidada para a posse da prefeita da cidade fictícia de São Jacinto, interpretada por Zezé Polessa.

Temos o dever de continuar a construir o legado dessas mulheres inspiradoras, uma vez que a luta pela igualdade entre homens e mulheres continua sendo uma pauta muito atual. No aspecto das mudanças políticas imprescindíveis para oportunizar o acesso a cargos eletivos por grupos historicamente oprimidos, destacamos a luta pela efetivação de cotas de gênero, que reservam um percentual mínimo de candidaturas femininas (Lei das Eleições) e de políticas equitativas de divisão do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, com penalidades para partidos que descumprirem as cotas, conforme regras já estabelecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral, nos termos da Resolução do TSE nº 23.607/2019, alterada pela Resolução do TSE nº 23.665/2021.

É crucial garantir aos grupos sociais historicamente excluídos pelos próprios partidos políticos na divisão de recursos financeiros, o direito à realização de campanhas competitivas, o que implica necessariamente em uma divisão justa do financiamento partidário. Não podemos perder de vista que são as ações afirmativas que ajudam a alterar o contexto de reprodução das desigualdades.

Sendo assim, a possibilidade de anistiar partidos políticos das sanções previstas para o descumprimento das cotas, como a PEC 9/23 em discussão no Congresso Nacional, é mais uma forma de sustentação a hegemonia branca, masculina e heteronormativa nos espaços de poder e decisão. Anistiar é abrir mais uma brecha para o descumprimento da lei, e não podemos aceitar. Nossa luta é pelo cumprimento das ações afirmativas de gênero e raça na política; só assim avançaremos em direção a uma sociedade verdadeiramente igualitária.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.