Aldeia Sesc Seridó reúne artistas de Caicó em Cortejo Cultural
Natal, RN 14 de jul 2024

Aldeia Sesc Seridó reúne artistas de Caicó em Cortejo Cultural

13 de novembro de 2023
3min
Aldeia Sesc Seridó reúne artistas de Caicó em Cortejo Cultural
Sesc RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Por Anna Jailma

Teve início neste sábado (11), a Aldeia Sesc Seridó, que acontece há 15 anos e tem programação de 15 dias em Caicó. Um Cortejo Cultural marcou a abertura do evento, saindo da Praça Eduardo Gurgel, conhecida como “Praça do Rosário”, até o Sesc Seridó, com poetas, brincantes, Negros do Rosário de Caicó e Jardim do Seridó, artistas de companhias de teatro, Ala Ursa do Bloco do Magão, e as bandas de música e filarmônicas do Seridó.

O encontro das filarmônicas no Cortejo Cultural é tradicional na programação da Aldeia Sesc. Neste ano, são seis filarmônicas reunidas: Banda de Música Recreio Caicoense, de Caicó, Filarmônica 24 de Outubro, de Cruzeta, Filarmônica Elino Julião, de Timbaúba dos Batistas, Filarmônica José Gervásio Alves, de São Fernando, Filarmônica Jimmy Brito, de São José do Seridó e Euterpe Jardinense, de Jardim do Seridó, executando dobrados como Batista de Melo e Dois Corações. Foram 200 músicos executando juntos, dobrados, frevos e valsas.

“Talvez em outros cortejos pelo Brasil tenham filarmônicas, mas, acredito que não nesse quantitativo que o Sesc RN faz. São sempre mais de três bandas, e já fizemos até com oito bandas. Em termo de patrimônio artístico musical do Seridó, temos bandas centenárias, temos trabalhos arte educativos, através da música, nestes núcleos das bandas. É de um valor humano e cultural agregado, fantástico”, afirma Daniel Rezende, coordenador de Cultura Sesc RN.

O Cortejo Cultural também proporciona o intercâmbio entre artistas locais e artistas que visitam Caicó porque estão integrando a programação das Aldeias Sesc no Rio Grande do Norte.

O grande diferencial neste cortejo cultural da Aldeia Sesc Seridó é a preocupação de reunir grupos da cultura e ligados ao patrimônio. Além do destaque das bandas, tem as alas dos artistas locais e fazem intercâmbio com artistas que estejam de passagem, pela programação de Aldeias Sesc. Outra coisa muito incrível é o Bloco do Magão, o Ala Ursa do Poço de Sant’Ana, os poetas cordelistas, grupos de teatro e de dança”, destaca Daniel Rezende.

No SESC, o maestro Totó Medeiros, de Caicó , fez a regência dos 200 músicos executando o Dobrado Aldeia Sesc, maestro Fernando de São José do Seridó, fez a regência para execução do Dobrado Marcelo Queiroz e o maestro Rubinho Maia , de São Fernando, a regência dos músicos para a Valsa Royal Cinema.

A Aldeia Sesc tem programação de 11 a 26 de novembro, com apresentações artísticas de teatro, circo e dança, artes visuais, audiovisual, literatura, música, ações formativas e arte educação. A entrada é gratuita ou com acesso mediante doação de alimento não perecível, como acontece nos shows musicais. Os alimentos adquiridos serão doados pelo Programa Mesa Brasil para entidades cadastradas.

Essa reportagem faz parte do projeto "Saiba Mais de perto", idealizado pela Agência SAIBA MAIS, e financiado com recursos do programa Acelerando Negócios Digitais, do ICFJ/Meta e apoio da Ajor".

Leia também:

Projeto Saiba Mais de Perto combate "desertos de notícias" no RN

Tibau: Estudantes participam da maior feira de ciências do mundo

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.