Assembleia-ato unificada da UFRN debate greve; veja o que aconteceu
Natal, RN 27 de mai 2024

Assembleia-ato unificada da UFRN debate greve; veja o que aconteceu

30 de abril de 2024
4min
Assembleia-ato unificada da UFRN debate greve; veja o que aconteceu
Imagem: Reprodução/Mandato Daniel Valença/Redes Sociais.

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Professores, técnicos administrativos e estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) se reuniram, na manhã desta terça-feira (30), em uma assembleia-ato unificada, com a temática “UFRN em Greve”, com uma caminhada pelo campus central da universidade que contou com cerca de 600 pessoas. Agora, a expectativa é da construção de um ato de rua formado pela comunidade acadêmica da instituição.

A atividade, que teve como objetivo dar visibilidade às reivindicações das categorias da UFRN em greve, finalizou com a expectativa de construir um ato de rua que chame atenção para o movimento grevista nas instituições federais de ensino, afirmou o Diretório Central dos Estudantes (DCE) à Agência Saiba Mais.

“Um ato unificado com estudantes, professores e técnicos administrativos para a gente chamar atenção na pauta para além de dentro da universidade. A gente está fazendo várias mobilizações dentro da universidade, mas é importante chamar a população para ver o que está acontecendo”, afirmou Bia Cavalcanti, coordenadora geral do DCE.

Além disso, a luta pela suspensão do calendário acadêmico da UFRN também foi uma pauta central na assembleia-ato, bem como as demais reivindicações do movimento paredista: a rejeição ao reajuste zero aos servidores em 2024, a reivindicação da reestruturação da carreira dos Técnicos Administrativos em Educação (TAEs) e docentes, o “revogaço” das medidas prejudiciais à educação federal aprovadas nos governos Michel Temer e Jair Bolsonaro e a recomposição orçamentária das instituições de ensino superior.

“A gente continua na luta pelo calendário acadêmico e, para além disso, a permanência dos servidores nas mesas de negociação até o governo apresentar uma proposta mais parecida com o que está sendo solicitado” afirmou Cavalcanti.

Imagem: Reprodução/Adurn-Sindicato.

Ainda de acordo com a entidade estudantil, foi deliberado na assembleia-ato que a manifestação de rua aconteça no próximo dia 09 de maio. O sindicato dos docentes da UFRN (Adurn) explicou à Agência Saiba Mais que mais informações sobre a atividade estarão disponíveis nesta sexta-feira (03).

1º de Maio

Outra decisão tomada na manhã desta terça (30) pela comunidade acadêmica foi o de se somar aos atos do 1º de maio, dia do trabalhador, que acontecem nesta quarta.

Na Praça Pedro Velho – Praça Cívica – de Natal acontece, nesta quarta-feira (01), a partir das 8h, a concentração de um ato organizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT). Com o tema “Por um Brasil mais justo!”, o objetivo é pautar: emprego decente, correção da tabela do imposto de renda, juros mais baixos, aposentadoria digna, salário igual para trabalho igual e valorização do serviço público. A caminhada se dará até a Praia do Meio, em Natal.

O servidor técnico-administrativo da UFRN, Lucas Queiroz, que integra o Comando Local de Greve e é sindicalizado no Sindicato Estadual dos Trabalhadores em Educação no Ensino Superior no RN (Sintest), explica que um outro ato pelo Dia do Trabalhador acontece nesta quarta (01) no mesmo horário, às 9h, mas com concentração na Praça dos Pescadores, na Praia do Meio, em Natal. O Sintest é um dos sindicatos integrantes da atividade, que está sendo organizada pela Central Sindical e Popular Conlutas (CSP).

Na atividade, movimentos sociais e entidades se unem para protestar contra a política de arrocho salarial, a redução de verbas para saúde e educação e as privatizações das empresas estatais dos serviços públicos. Além disso, a ação reafirma a luta por direito à moradia, terra e emprego para todos, bem como o apoio à greve dos servidores.

Matéria atualizada com correção no horário do ato organizado pela CSP às 13h46 do dia 30/04/2024.

Saiba+

Natal terá dois atos diferentes no 1º de maio; entenda

Assembleia-Ato Unificado pela greve na UFRN acontece nesta terça (30)

Professores, técnicos e bolsistas da UFRN seguem em greve

Greve UFRN: DCE pede suspensão do calendário em ato nesta quinta (25)

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.