MPRN terá ação do projeto Pai Legal na Zona Norte
Natal, RN 3 de mar 2024

MPRN terá ação do projeto Pai Legal na Zona Norte

4 de dezembro de 2023
4min
MPRN terá ação do projeto Pai Legal na Zona Norte
Serão realizados testes de paternidades | foto: Shutterstock

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Com o objetivo de aproximar o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) da sociedade potiguar, entre os dias 4 e 7 de dezembro, ocorre o “MPRN Perto de Você”, na Zona Norte de Natal. A programação conta com a ação do projeto Pai Legal no dia 6, das 9h às 17h, na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), localizada na Avenida Dr. João Medeiros Filho, bairro Potengi.

Organizada e executada pelas 7° e 50° Promotorias de Justiça de Natal, que trabalham na família, a ação busca garantir o nome do genitor, para aqueles que desejarem, na certidão de nascimento de crianças que ainda não têm a paternidade inserida formalmente no documento. 

Para isso, as unidades ministeriais realizaram um levantamento prévio para identificar crianças e adolescentes que não apresentam filiação paterna no RG. Com isso, as mães que desejarem são convidadas a prestar esclarecimentos sobre a paternidade e a partir daí, é instaurado um procedimento extrajudicial. Depois disso, é iniciada a identificação paterna voluntariamente ou através de exames de DNA, caso não seja reconhecido espontaneamente. Em casos mais complexos, pode ser necessário o ajuizamento de investigação de paternidade. 

Os atendimentos ficarão, inicialmente, por conta dos servidores do MPRN. Durante a ação, serão oferecidos testes de DNA e atendimentos a pais e filhos. A coleta poderá ser feita através de exames de sangue e de saliva. A demanda é livre a qualquer pessoa que possa participar. 

Além disso, também é possível realizar o reconhecimento da filiação socioafetiva. Isso acontece quando há o reconhecimento jurídico da paternidade ou maternidade com base no afeto, sem que haja, necessariamente, vínculo sanguíneo. 

MPRN reabriu sala na Zona Norte 

O MPRN reabriu a sala de atendimento à população da Zona Norte de Natal. O espaço funcionava desde agosto do ano passado, mas retomará as atividades já nesta segunda (4). A sala fica no Fórum Varela Barca, na Av. Guadalupe, no bairro Potengi. O atendimento presencial pode ser feito de segunda a quinta-feira, das 8h às 15h; e às sextas-feiras, das 8h às 14h.

Os atendimentos são nas seguintes áreas: Infância, Juventude e Família, Criminal, Patrimônio Público, Meio Ambiente, Consumidor, Cidadania, Saúde, Pessoas com Deficiência, Pessoa Idosa, e Educação. 

Será possível também consultar processos e obter outras informações. Além do atendimento presencial, a pessoa física pode entrar em contato através do WhatsApp (84) 99972-4454 ou através da Central de Atendimento do MPRN pelo telefone/WhatsApp (84) 99972-2389.

____________________________________________________________________________________________________

Essa reportagem faz parte do projeto "Saiba Mais de perto", idealizado pela Agência SAIBA MAIS, e financiado com recursos do programa Acelerando Negócios Digitais, do ICFJ/Meta e apoio da Ajor.

Leia também:

Projeto Saiba Mais de Perto combate "desertos de notícias" no RN

Tibau: Estudantes participam da maior feira de ciências do mundo

Aldeia Sesc Seridó reúne artistas de Caicó em Cortejo Cultural

Comerciante morre em acidente por buraco na Zona Norte de Natal

Coletivos independentes movimentam a sétima arte em Mossoró

Seridó: Aos 93 anos, Maria Albino faz doces para acolher pessoas

Depois te Conto: jovens da Zona Norte criam série independente de humor

Caatinga:  famílias vivem da natureza no Parque Nacional da Furna Feia

CMEI na Zona Norte realiza exposição inspirada em Ariell Guerra

Currais Novos: Congresso das Batalhas reuniu artistas de Hip Hop

Maior produtor de atum do RN não leva pescado à mesa areia-branquense

Caicoense transformou a dor do luto em homenagem para 40 mulheres

Como resiste o afroempreendedorismo do outro lado da ponte

Medalhista mundial de Taekwondo conheceu esporte em associação de Assu

“No Seridó a Reza é Forte” destaca indígenas e africanos no RN

Zona Norte: projeto da UFRN leva comunicação para escola pública

Em Ouro Branco, a preservação do patrimônio coloriu a cidade

Fábrica de polpa de frutas transforma vida de mulheres agricultoras

As chuvas fortes em Natal e o caos na Zona Norte

Com 74 anos, Manoelzinho produz telas em latonagem e fotocorrosão

Patu: Cineatro leva reflexão social a estudantes de escolas públicas

Redinha: trabalhadores seguem desamparados após 3 meses de protestos

Jornal impresso “Quinzenal” resiste há 19 anos em Caicó

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.